Motivos de adesão e de desistência de idosos a prática de atividade física

Luciana Botelho Ribeiro, Gustavo Puggina Rogatto, Afonso Antonio Machado, Priscila Carneiro Valim-Rogatto

Resumo


Objetivo: Investigar os fatores que interferem na adesão de idosos a programas de atividade física e os motivos de desistência dessa prática. Métodos: Para a condução dessa revisão sistemática, pesquisaram-se as bases de dados SciELO, LILACS, MEDLINE/PubMed e Cochrane, com buscas realizadas nos anos 2011 e 2012, utilizando-se palavras-chaves em português (“exercício físico”, “idoso”, “adesão” e “desistência”) e em inglês (“physical exercise”, “elderly”, “adherence” e “dropout”). Incluíram-se artigos disponíveis em texto completo e publicados entre os anos de 2000 e 2012, encontrando-se 17 artigos, dos quais 13 preencheram os critérios de inclusão. Resultados: Dos 13 artigos, 7 estavam no MEDLINE; 6, no LILACS; 3, no SciELO; e 1, no PubMed. Com relação ao delineamento dos estudos selecionados, 8 se caracterizavam como estudo transversal; 3, como estudo experimental; 1,como estudo de coorte; e 1, como estudo de caso. Conclusão: Verificou-se que vários são os motivos de adesão, mas os principais estão relacionados à própria prática de atividade física e à melhora da saúde. Dentre os motivos de desistência, estão os problemas de saúde, a falta de tempo, a baixa condição financeira, a distância do local das aulas, a falta de acompanhante, entre outros.

doi:http://dx.doi.org/10.5020/18061230.2013.p58

Palavras-chave


Exercício Físico; Adesão; Desistência; Idosos

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


Nelson ME, Rejeski WJ, Blair SN, Duncan PW, Judge JO, King AC. Physical activity and public health in older adults: recommendation from the American College of Sports Medicine and the American HeartAssociation. Med Sci Sports Exerc. 2007;39(8):1435-45.

Monteiro C, Conde WL, Matsudo SM, Matsudo VR, Bonseñor IM, Lotufo P. A descriptive epidemiology of leisure-time physical activity in Brazil, 1996-1997. PanAmerican J Public Health.2003;14(4):246–54.

Ferreira MS, Najar AL. Programas e campanhas de promoção da atividade física. Ciênc Saúde Coletiva.2005;10(Supl 10):207–19.

Gomes KV, Zazá DC. Motivos de adesão a prática de atividade física em idosas. Rev. Bras Ativ Fís Saúde.2009;14(2):132–8.

Matsudo SM, Matsudo VKR, Barros Neto TL. Atividade física e envelhecimento: aspectos epidemiológicos.Rev Bras Med Esporte. 2001;7(1):2–13.

Castro MS, Miranda M, Silva NL, Palma A, ResendeHG. Motivos de Ingresso nos Programas de Exercícios Físicos Oferecidos pelo Serviço Social do Comércio –SESC-DF. Movimento. 2009;15(2):87–101.

Williams DM, Lewis B, Dunsiger S, Whiteley J,Papandonatos GD, Napolitano M, et al. Comparing psychosocial predictors of physical activity adoption and maintenance. Ann Behav Med. 2008;36(2):186– 94.

Cardoso AS, Borges LJ, Mazo GZ, Benedetti TB,Kuhnem AP. Fatores influentes na desistência de idososem um programa de exercício físico. Movimento.2008;14(1):225–39.

Sampaio RF, Mancini MC. Estudos de revisão sistemática: um guia para síntese criteriosa da evidência científica. Rev Bras Fisioter. 2007;11(1):83–9.

Andreotti MC, Okuma SS. Perfil sócio-demográfico e de adesão inicial de idosos ingressantes em um programa de educação física. Rev Paul Educ Fís.2003;17(2):142–53.

Siqueira FD, Facchini LA, Piccini RX, Tomasi E,Thumé E, Silveira DS, et al. Atividade física emadultos e idosos residentes em áreas de abrangênciade unidades básicas de saúde de municípios dasregiões Sul e Nordeste do Brasil. Cad Saúde Pública.2008;24(1):39–54.

Moschny A, Platen P, Klaassen-Mielke R, Trampisch U, Hinrichs T. Barriers to physical activity in olderadults in Germany: a cross-sectional study. Int J BehavNutr Phys Act. 2011;8(1):121.

Freitas CMSM, Santiago MS, Viana AT, Leão AC,Freyre C. Aspectos motivacionais que influenciam a adesão e manutenção de idosos a programasde exercícios físicos. Rev Bras Cineantropom Desempenho Hum.. 2007;9(1):92–100.

Sawchuk CN, Russo JE, Bogart A, Charles S, Goldberg J, Forquera R, et al. Barriers and facilitators to walking and physical activity among American Indian elders.Prev Chronic Dis. 2011;8(3):1–9.

Stiggelbout M, Hopman-Rock M, Tak E, Lechner L, Mechelen WV. Dropout for exercises programs for seniors : a prospective cohort study. J Aging Phys Act. 2005;13(4):409–21.

Nascimento MC, Silva OMP, Saggioratto CML,Vargas KCB, Schopf K, Klunk J. O desafio da adesão aos exercícios físicos em grupos de idosos em Palmitos/ SC: Motivos para a prática e para a desistência. RevBras Ativ Fís Saúde. 2010;15(3):140–4.

Caromano FA, Ide MR, Kerbauy RR. Manutenção na prática de exercícios por idosos. Rev Dep Psicol UFF.2006;18(2):177–92.

Jancey JM, Clarke A, Howat PA, Lee AH, Shilton T, Fisher J. A Physical activity program to mobilize older people: A practical and sustainable approach. Gerontologist. 2008;48(2):251–7.

Resnick B, Luisi D, Vogel A. Testing the Senior Exercise Self-efficacy Project (SESEP) for use with urban dwelling minority older adults. Public HealthNurs. 2008;25(3):221–34.

Rocha SV, Freire MO. Nível de atividade física habituale autopercepção do estado de saúde em idosas no município de Jequié - Bahia. Rev Bras Promoç Sáude.2007;20(3):161–7.

Shaw BA, Spokane LS. Examining the association between education level and physical activity changes during early old age. J Aging Health. 2008;20(7):767-87.

Hughes JP, McDowell M, Brody DJ. Leisure-timephysical activity among US adults 60 or more years of age: results from NHANES 1999-2004. J Phys Act Health. 2008;5(3):347–58.

Spirduso WW. Dimensões físicas do envelhecimento. Barueri-SP: Manole; 1995.

Costa BV, Bottcher LB, Kokubun E. Aderência a um programa de atividade física e fatores associados. Motriz. 2009;15(1):25–36.

Tahara AK, Schwartz GM, Silva KA. Aderência e manutenção da prática de exercícios em academias.Rev Bras Ciência Movimento. 2003;11(4):7–11.

Li F, Fisher KJ, Brownson RC, Bosworth M. Relatedto neighbourhood walking activity in older adults. J Epidemiologic Community Health. 2005;59:558–64.

Salvador EP, Florindo AA, Reis RS, Costa EF. Percepção do ambiente e prática de atividade física no lazer entre idosos. Rev Saude Pública. 2009;43(6):972–80.

Serour M, Alqhenaei H, Al-saqabi S, Mustafa A, Ben-Nakhi A. Cultural factors and patients ’ adherence to lifestyle measures. Br J Gen Pract. 2007;57(557):291–5.

Shimada H, Lord SR, Yoshida H, Kim H, Suzuki T. Predictors of cessation of regular leisure-time physical activity in community-dwelling elderly people.Gerontology. 2007;53(5):293–730.

Hernandes NA, Probst VS, Silva RD, Januário RSB, Pitta F, Teixeira DC. Physical activity in daily life in physically independent elderly participating in community based exercise program. Rev Bras Fisioter.2013;17(1):57–63.




DOI: http://dx.doi.org/10.5020/3125

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia