Adiposidade corporal e hipertensão arterial em crianças e adolescentes obesos - doi:10.5020/18061230.2009.p88

Joel Saraiva Ferreira, Ricardo Dutra Aydos

Resumo


Objetivo: Investigar a relação entre a hipertensão arterial e adiposidade corporal em crianças e adolescentes obesos. Métodos: Estudo transversal no qual 129 crianças e adolescentes obesos de ambos os gêneros com idade variando de 7 a 14 anos foram avaliados. A adiposidade foi caracterizada a partir dos dados obtidos como: índice de massa corporal (IMC), percentual de gordura corporal (%GC) e relação cintura-quadril (RCQ). O grupo foi dividido em dois subgrupos (normotensos e hipertensos) mediante o nível de pressão arterial (PA). O teste estatístico de Kruskal Wallis foi empregado para determinar a significância na relação entre dados antropométricos e níveis de pressão arterial. Adotou-se um valor de p ? 0,05. Resultados: Verificou-se que 101 (78,29%) participantes eram normotensos e 28 (21,71%) hipertensos. Em relação à adiposidade, o grupo dos hipertensos apresentou níveis mais elevados de IMC e o %GC quando comparado com o normotenso (p<0,05). A partir dos dados da RCQ, não houve associação estatística entre a relação cintura-quadril e o nível pressórico. Conclusões: As crianças e adolescentes obesos apresentaram relação estatisticamente significativa entre adiposidade corporal e níveis de pressão arterial; no
entanto, a localização da gordura não foi um fator determinante desta diferença.

Palavras-chave


Obesidade; Pressão Arterial; Criança; Adolescente.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/351

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia