Fatores de risco para ulceração e amputação de extremidades inferiores em portadores de diabetes mellitus

Thaysa Alves Tavares, Luana Jennifer Souza Farias da Costa, Maria Lucelia da Hora Sales, Marilucia Mota de Moraes

Resumo


Objetivo: Analisar os fatores de risco para ulceração e amputação de extremidades inferiores em portadores de diabetes mellitus. Métodos: Estudo transversal, quantitativo, realizado em 2013, com 92 indivíduos diabéticos, cadastrados em uma Unidade de Saúde da Família em Maceió, Alagoas, Brasil, através de entrevistas e avaliação clínica dos pés. Investigaram-se as seguintes variáveis: características sociodemográficas (sexo, faixa etária, cor da pele, estado civil, escolaridade e renda) e fatores de risco complementares para o pé diabético (dados clínicos, estilo de vida e prática de autocuidado com os pés). Para identificar a associação entre as variáveis, utilizaram-se os testes Qui-quadrado com correção (Yates), Teste G e Exato de Fisher, sendo considerado o nível de significância de 5% (p < 0,05). Resultados: A amostra contemplou 92 portadores de diabetes mellitus, sendo 71,7% (66) do sexo feminino, com faixa etária predominante de 60-79 anos – 48,0% (44). Observou-se prevalência de 95,6% (88) com risco para ulceração e 4,4% (4) com risco para amputação. Com relação ao risco de ulceração, 64,1% (59) foram classificados em risco 0 (menor risco). Conclusão: Encontrou-se maior prevalência de pacientes em menor risco para ulceração e amputação. Destaca-se o uso inadequado dos calçados como o fator de risco mais comum e o uso do tabaco como fator de risco com associação estatística significativa.

Palavras-chave


Diabetes Mellitus; Pé Diabético; Fatores de Risco.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


Santos ICRV, Carvalho EF, Souza WV, Albuquerque EC. Factors associated with diabetic foot amputations. J Vasc Bras. 2015;14(1):37-45.

Santos ICRV, Sobreira CMM, Nunes ENS, Morais MCA. Prevalência e fatores associados a amputações por pé diabético. Ciênc Saúde Coletiva. 2013;18(10):3007-14.

Magalhães AT, Silva BAK, Ribeiro JA, Aguiar JF Bisneto, Pereira LPI, Machado NV, et al. Avaliação do risco de desenvolver diabets mellitus tipo 2 em população universitária. Rev Bras Promoç Saúde.2015;28(1):5-15.

Sociedade Brasileira de Diabetes. Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2015-2016. São Paulo: AC Farmacêutica; 2016.

Ministério da Saúde (BR), Secretaria de Atenção à Saúde, Departamento de Atenção Básica. Estratégias para o cuidado da pessoa com doença crônica: diabetes mellitus. Brasília: Ministério da Saúde; 2013.

Bortoletto MSS, Haddad MCL, Karino ME. Pé diabético, uma avaliação sistematizada. Arq Ciênc Saúde Unipar. 2009;13(1):37-43.

Caifa JS, Castro AA, Fidelis C, Santos VP, Silva ES, Sitrângulo CJ Jr. Atenção integral ao portador de pé diabético. J Vasc Bras. 2011;10(4 Supl 2):1-32.

Escola de Saúde Pública do Estado de Minas Gerais. Curso de Atualização Profissional em Manejo Clínico do Pé Diabético. Minas Gerais: Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais; 2010.

Oliveira AF, Marchi ACB, Leguisamo CP, Baldo GV, Wawginiak TA. Estimativa do custo de tratar o pé diabético, como prevenir e economizar recursos. Ciênc Saúde Coletiva. 2014;19(6):1663-71.

Sociedade Brasileira de Diabetes. Diretrizes da Sociedade Brasileira de Diabetes 2013-2014. São Paulo: AC Farmacêutica; 2014.

Ochoa-Vigo K, Pace EA. Pé diabético: estratégias para prevenção. Acta Paul Enferm. 2005;18(1):100-9.

Armstrong DG, Boulton AJM, Albert SF, Frykberg RG, Hellman R, Kirkman MS, et al. Comprehensive Foot Examination and Risk Assessment. Diabetes Care. 2008;31(8):1679-85.

Szwarcwald CL, Souza PR Júnior, Damacena GN, Almeida WD, Malta DC, Stopa SR, et al. Recommendations and practice of healthy behaviors among patients with diagnosis and diabetes in Brazil: National Health Survey (PNS), 2013. Rev. Bras. Epidemiol. 2015;18(Supl 2):132-45.

Cubas MR, Santos OM, Retzlaff EMA. Pé diabético: orientações e conhecimentos sobre cuidados preventivos. Fisioter Mov. 2013;26(3):647-55.

Maia MA, Reis IA, Torres HC. Relationship between the users’ contact time in educational programs on diabetes mellitus and self-care skills and knowledge. Rev Esc Enferm USP. 2016;50(1):59-64.

Dourado MA, Santos ICRV. Adesão aos cuidados de prevenção do pé diabético. Revista Estima. 2015;13(4):1-6.

Audi EG, Moreira RC, Moreira ACMG, Pinheiro EFC, Mantovani MF, Araújo AG. Avaliação dos pés e classificação do risco para pé diabético: contribuição da enfermagem. Cogitare Enferm. 2011;16(2):240-6.

Rodrigues DF, Brito GEG, Sousa NM, Rufino TMS, Carvalho TD. Prevalência de Fatores de Risco e Complicações do Diabetes Mellitus Tipo 2 em Usuários de uma Unidade de Saúde da Família. Rev Bras Ciênc Saúde. 2011;15(3):277-86.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Síntese de Indicadores Sociais. Rio de Janeiro: IBGE; 2013.

Cotta RMM, Batista KCS, Reis RS, Souza A, Dias G, Castro FAF, Alfenas RCG, et al. Perfil sociossanitário e estilo de vida de hipertensos e/ou diabéticos, usuários do Programa de Saúde da Família no município de Teixeiras, MG. Ciênc Saúde Coletiva. 2009;14(4):1251-60.

Batista MCR, Priore SE, Rosado LEFPL, Tinôco ALA, Franceschini SCC. Avaliação dos resultados da atenção multiprofissional sobre o controle glicêmico, perfil lipídico e estado nutricional de diabéticos atendidos em nível primário. Rev Nutr. 2005;18(2):219-28.

Santos ICRV, Nunes ENS, Melo CA, Farias DG. Amputações por pé diabético e fatores sociais: implicações para cuidados preventivos de enfermagem. Rev Rene. 2011;12(4):684-91.

Hernández FM, Reza CG, Martinez VG, Guadarrama FC. Cuidado de los pies en usuarios que viven con diabetes en el estado de México: bases para la sistematización de la asístencia de enfermeira. Enferm Foco (Brasília). 2011;2(1):23-7.

Pace AE, Foss MC, Ochoa-Vigo K, Hayashida M. Fatores de risco para complicações em extremidades inferiores de pessoas com diabetes mellitus. Rev Bras Enferm. 2002;55(5):514-21.

Araújo MFM, Gonçalves TC, Damasceno MMC, Caetano JA. Aderência de diabéticos ao tratamento medicamentoso com hipoglicemiantes orais. E s c Anna Nery Rev Enferm. 2010;14(2):361-7.

Karino ME, Pace AE. Risco para complicações em pés de trabalhadores portadores de diabetes mellitus. Ciênc Cuid Saúde. 2012;11(Supl):183-90.

Pace AE, Nunes PD, Ochoa-Vigo K. O conhecimento dos familiares acerca da problemática do portador de diabetes mellitus. Rev Latinoam Enferm.2003;11(3):312-9.

Moreschi C, Rempel C, Carreno I, Silva DS, Pombo CNF, Cano MRL. Prevalência e perfil das pessoas com diabetes cadastradas no Sistema de Informação da Atenção Básica (SIAB). Rev Bras Promoç Saúde. 2015;28(2):184-90.

Alonso-Fernández M, Mediavilla-Bravo JJ, López- Simarro F, Comas-Samper JM, Carramiñana-Barrera F, Mancera-Romero J, et al. Evaluation of diabetic foot screening in Primary Care. Endocrinol Nutr. 2014;61(6):311-7.

Chan ACRV, Lima PF, Chaves JBC, Raymundo CS. Incidência de amputação em membros inferiores associada a diabetes mellitus. Saúde Colet (Barueri Impr). 2009;6(33):222-6.

Queiróz IWO, Gonçalves O, Faria CCC, Dias JML. Análise dos fatores desencadeantes do pé diabético em uma Unidade de Atenção Primária à Saúde. Perquirere. 2012;9(1):70-80.

Oliveira PS, Bezerra EP, Andrade LL, Soares MJGO, Costa MML. Fatores de risco para complicações decorrentes do Diabetes Mellitus. Rev Enferm UFPE.2013;7(8):5265-73.

Stopa SR, César CL, Segri NJ, Goldbaum M, Guimarães VM, Alves MC, et al. Self-reported diabetes in older people comparison of prevalences and control measures. Rev Saúde Pública. 2014;48(4):554-62.




DOI: https://doi.org/10.5020/18061230.2016.p278

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia