Resultados da avaliação da cultura de segurança em um hospital público de ensino do Ceará

Fernanda Colares de Borba Netto, Fernanda Gadelha Severino

Resumo


Objetivo: Avaliar as dimensões da cultura de segurança do paciente de um hospital público de ensino, identificando suas áreas fortes e frágeis. Métodos: Estudo observacional, seccional, quantitativo, realizado entre dezembro de 2014 e janeiro de 2015, através da aplicação da versão adaptada para o português do questionário Hospital Survey on Patient Safety Culture (HSOPSC) com funcionários de um hospital de referência de Fortaleza, Ceará, Brasil. A análise dos resultados ocorreu por meio do cálculo dos valores absolutos e relativos de positividade para cada uma das 12 dimensões de segurança do paciente avaliadas no instrumento. Resultados: A expectativa sobre o seu supervisor/chefe e ações promotoras da segurança do paciente e o trabalho em equipe foram os principais pontos identificados dentro das unidades, com 79% (n=380/484) e 73% (n=335/501) de positividade nas respostas, respectivamente. Em relação às oportunidades de melhoria, o principal ponto identificado foi a resposta não punitiva aos erros, que teve o menor percentual de positividade (18%; n=74/365). Outros pontos a se melhorar que também merecem destaque foram a passagem de plantão ou de turno/transferências e a adequação dos profissionais (45%; n=225/470 e 36%; n=380/484). Conclusão: A cultura de segurança do hospital em questão é marcada pelo trabalho em equipe, tendo como pontos frágeis às questões punitivas, passagem de plantão e adequação dos profissionais.

Palavras-chave


Segurança do Paciente; Dano ao Paciente; Garantia da Qualidade dos Cuidados de Saúde.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


Pereira FGF, Matias EO, Ceatano JA, Lima FET. Segurança do paciente e promoção da saúde: uma reflexão emergente. Rev Baiana Enferm. 2015;29(3):271-7.

Ministério da Saúde (BR), Fundação Oswaldo Cruz, Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Documento de referência para o Programa Nacional de Segurança do Paciente. Brasília: Ministério da Saúde; 2014 [acesso em 2015 Abr 28]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/documento_referencia_ programa_nacional_seguranca.pdf.

World Health Organization. Conceptual Framework for the International Classification for Patient Safety Version 1.1. Final Technical Report. January 2009 [acesso em 2015 Abr 04]. Disponível em: http://www.who.int/patientsafety/implementation/taxonomy/icps_technical_report_en.pdf.

Ministério da Saúde (BR). Portaria no. 529 de 01 de abril de 2013 [acesso em 2015 Abr 30]. Disponível em: http:// www.saude.mt.gov.br/upload/controle-infeccoes/ pasta2/portaria-msgm-n-529-de-01-04-2013.pdf

El-Jardali F, Dimassi H, Jamal D, Jaafar M, Hemadeh N. Predictors and outcomes of patient safety culture in hospitals. BMC Health Serv Res [Internet]. 2011 [acesso em 2015 Abr 28];11:45. Disponível em: http:// www.biomedcentral.com/1472-6963/11/45

Reis CT, Laguardia J, Martins M. Adaptação transcultural da versão brasileira do Hospital Survey on Patient Safety Culture: etapa inicial. Cad Saúde Pública. 2012;28(11):2199-210.

Sorra JS, Nieva VF. Hospital Survey on on Patient Safety Culture [Internet]. AHRQ Publication No. 04-0041. 2004 [acesso em 2015 Abr 15]. Disponível em:http://proqualis.net/sites/proqualis.net/files/User%20guide%20HSOPSC.pdf

Ministério da Saúde (BR), Ministério da Educação. Portaria Interministerial nº 233. Brasília: Ministério da Saúde; 2013 [acesso em 2016 Set 08]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2013/pri0233_14_02_2013_rep.html

Ministério da Saúde (BR), Ministério da Educação. Portaria Interministerial nº 148. Brasília: Ministério da Saúde; 2016 [acesso em 2016 Set 07]. Disponível em http://sintse.tse.jus.br/documentos/2016/Fev/4/portaria-interministerial-no-148-de-2-de-fevereiro.

Instituto de Saúde e Gestão Hospitalar (ISGH). Histórico do ISGH [acesso em 2015 Abr 27]. Disponível em: http://www.isgh.org.br/site/index.php?option=com_content&view=article&id=77&Itemid=475.

Reis CT. A cultura de segurança do paciente: validação de um instrumento de mensuração para o contexto hospitalar brasileiro [tese]. Rio de Janeiro: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca; 2013.

Conselho Nacional de Saúde (BR). Resolução nº. 466 de 12 de dezembro de 2012 - Regulamenta a Resolução nº. 196/96 acerca das Diretrizes e Normas Regulamentadoras de Pesquisas Envolvendo Seres Humanos [Internet]. 2012 [acesso em 2015 Jan 27].Disponível em: http://conselho.saude.gov.br/ resolucoes/2012/Reso466.pdf

Perneger TV, Staines A, Kundig F. Internal consistency, factor structure and construct validity of the French version of the Hospital Survey on Patient Safety Culture. BMJ Qual Saf. 2014;23:389-97.

El-Jardali F, Sheikh F, Garcia NA, Jamal D, Abdo A. Patient safety culture in a large teaching hospital in Riyadh: baseline assessment, comparative analysis and opportunities for improvement. BMC Health Serv Res [Internet]. 2014 [acesso em 2015 Mai 02];14:122. Disponível em: http://www.biomedcentral.com/1472-6963/14/122

Santiago THR, Turrini RNT. Cultura e clima organizacional para segurança do paciente em Unidades de Terapia Intensiva. Rev Esc Enferm USP. 2015;49(Esp):123-30.

World Alliance for Patient Safety: Summary of the evidence on patient safety: implications for research. Geneva, Switzerland: World Health Organization; 2008 [acesso em 2015 Abr 20]. Disponível em: http://www.who.int/patientsafety/information_centre/20080523_Summary_of_the_evidence_on_patient_safety.pdf

Robida A. Hospital survey on patient safety culture in Slovenia: a psychometric evaluation. Int J Qual Health Care. 2013;25(4):469-75.

Günes ÜY, Öznur G, Sonmez M. A survey of the patient safety culture of hospital nurses in Turkey. Collegian. 2016;23(2):225-32.

Bohrer CD, Marques LGS, Vasconcelos RO, Oliveira JLC, Nicola AL, Kawamoto AM. Comunicação e cultura de segurança do paciente no ambientehospitalar: visão da equipemultiprofissional. Rev Enferm UFSM. 2016;6(1):50-60.

Leonard M, Graham S, Bonacum D. The human factor: the critical importance of effective teamwork and communication in providing safe care. Qual Saf Health Care. 2004;13(Supl 1):85-90.

Carvalho PA, Göttems LBD, Pires MRGM, Oliveira MLC. Cultura de segurança no centrocirúrgico de um hospital público, na percepção dos profissionais de saúde. Rev Latinoam Enferm. 2015;23(6):1041-8.

Mansert T. Teamwork and patient safety in dynamic domains of healthcare: a review of the literature.Acta Anaesthesiol Scand. 2009;53(2):143-51.




DOI: http://dx.doi.org/10.5020/18061230.2016.p334

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia