Inter-relações entre helicobacter pylori, sensação subjetiva de apetite e consumo alimentar

Laís Marinho Aguiar, Daianne Cristina Rocha, Antonio Augusto Ferreira Carioca, Helena Alves de Carvalho Sampaio

Resumo


Objetivo: Avaliar o efeito da infecção por Helicobacter pylori (Hp) sobre a sensação subjetiva de apetite e consumo alimentar de pacientes usuários do Sistema Único de Saúde. Métodos: Trata-se de um estudo do tipo transversal, realizado em duas unidades de saúde durante o período de julho de 2012 a maio de 2013, em que foram avaliados 38 pacientes, 14 Hp positivos e 24 negativos, que relataram fazer apenas três refeições principais por dia. A presença da infecção foi investigada a partir de endoscopia digestiva alta. O consumo alimentar foi investigado por meio de dois recordatórios de 24 horas. A sensação subjetiva de apetite foi investigada utilizando-se a escala analógica visual (EAV) de apetite. Os pacientes foram estratificados em Hp positivos e Hp negativos. Para todas as análises considerou-se significante p<0,05. Resultados: Não houve diferença significante no consumo de energia e de macronutrientes, por refeição, entre os grupos. A sensação subjetiva do apetite antes e após cada refeição foi semelhante entre os grupos, exceto quanto à fome (p=0,016) e saciedade (p=0,008) no desjejum. Constatou-se a influência da refeição anterior na refeição subsequente, sendo estes achados mais evidentes entre os pacientes Hp negativos. Conclusão: O estudo aponta homogeneidade dos dois grupos avaliados no que tange a ingestão alimentar. A sensação subjetiva do apetite é diferente entre os grupos nos tópicos fome e saciedade relacionados ao desjejum. A relação entre as sensações percebidas ao final de uma refeição e início da subsequente é mais evidente entre pacientes Hp negativos.

Palavras-chave


Helicobacter pylori; Apetite; Dieta.

Texto completo:

PDF PDF (English)

Referências


Rosa FB. A infecção por Helicobacter pylori em populações de Angola [tese] Lisboa: Universidade Nova de Lisboa: Faculdade de Ciências Médicas; 2015.

World Gastroenterology Organization - WGO. Practice Guidelines: helicobacter pylori nos países em desenvolvimento. Wisconsin: WGO; 2010.

Pontes RML. A erradicação do helicobacter pylori na atualidade e o problema da resistência [dissertação] Porto: Universidade do Porto; 2014.

Franceschi F, Annalisa T, Teresa DR, Giovanna D, Ianiro G, Franco S, et al. Role of helicobacter pylori infection on nutrition and metabolism. World J Gastroenterol. 2014;20(36):12809–17.

Serrenho DVL. Ghrelin receptor activation regulates hippocampal spine dynamics. [dissertação] Coimbra: Universidade de Coimbra; 2016.

Polinska B, Matowicka JK, Kemona H. The role of ghrelin in the organism. Postepy Hig Med Dosw (online). 2016;65:1-7.

Rocha DC, Sampaio HAC, Lima JWO, Carioca AAF, Lima GP, Oliveira TR, et al. Association of Helicobacter pylori infection with nutritional status and food intake. Nutr Hosp. 2015;32(2):905-12.

Ribeiro G, Santos O, Camacho M, Torres S, Mucha-Vieira F, Sampaio D, et al. Translation, Cultural Adaptation and Validation of the Power of Food Scale for Use by Adult Populations in Portugal. Act Med Port. 2015;28(5):575-82.

Daundasekara SS, Beasley AD, O’Connor DP, Sampson M, Hernadez D, Ledoux T. Validation of the intuitive Eating Scale for pregnant women. Appetite. 2017;112:201-9.

Stubbs RJ, Hughes DA, Johnstone AM, Rowley E, Reid C, Elia M, et al. The use of visual analogue scales to assess motivation to eat in human subjects: a review of their reliability and validity with an evaluation of new hand-held computerized systems for temporal tracking of appetite ratings. Br J Nutr. 2000;84(4):405-15.

Alvarez BR, Pavan AL. Alturas e comprimentos. In: Petroski EL, editor. Antropometria: técnicas e padronizações. Porto Alegre: Pallotti; 1999. p. 29-51.

World Health Organization. Obesity preventing and managing the global epidemic. Geneva: WHO; 1998.

Flint A, Raben A, Blundell JE, Astrup A. Reproducibility, power and validity of visual analogue scales in assessment of appetite sensations in single test meal studies. Int J Obes Relat Metab Disord. 2000;24(1):38-48.

Lluch A, Hanet-Geisen N, Salah S, Salas-Salvado S, Bouron DL, Halford JCG. Short-term appetite-reducing effects of a low-fat dairy product enriched with protein and fibre. Food Qual Prefer.2010;21(4):402-9.

Fisberg RM, Marchioni DML, Colucci ACA. Avaliação do consumo alimentar e da ingestão de nutrientes na prática clínica. Arq Bras Endocrinol Metab. 2009;53(5):617-24.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa de orçamentos familiares 2008-2009: antropometria e estado nutricional de crianças, adolescentes e adultos no Brasil. Rio de Janeiro: IBGE; 2010.

Ministério da Saúde (BR), Secretaria de Vigilância em Saúde. Vigilância de fatores de risco e proteção para doenças crônicas por inquérito telefônico: VIGITEL 2014. Brasília; 2015.

Kopacova M, Koupil I, Seifert B, Fendrichova MS, Spirkova J, Vorisek V, et al. Body indices and basic vital signs in Helicobacter pylori positive and negative persons. Eur J Epidemiol. 2007;22(1):67-75.

Vo HD, Goli S, Gill R, Anderson V, Stefanov DG, Xu J, et al. Inverse correlation between Helicobacter pylori colonization and obesity in a cohort of inner city children. Helicobacter. 2015;20(1):64-8.

Lender N, Talley NJ, Enck P, Haag S, Zipfel S, Morrison M, et al. Review article: associations between helicobacter pylori and obesity: an ecological study. Aliment Pharmacol Ther. 2014;40(1):24–31.

Wu MS, Lee WJ, Wang HH, Huang SP, Lin JD. A case-control study of association of Helicobacter pylori infection with morbid obesity in Taiwan. Arch Intern Med. 2005;165(13):1552–5.

Rodriguez MMR, Araguez C, Pareja C, Alcaide J, Fernandez C, Garach M, et al. Carbohydrate metabolismo improvement after Helicobacter pylori eradication. Diabetes Metab. 2016;42(2):130-4.

Janjetic MA, Mantero P, Rua EC, Balcarce N, Palma GZ, Cataeleno M, et al. Dietary and anthropometric indicators of nutritional status in relation to Helicobacter pylori infection in a pediatric population. Br J Nutr. 2015;113(7):1113-9.

Oliveira TR, Sampaio HAC, Rocha DC, Lima GP, Vergara CMAC, Lima JWO, et al. Influência da infecção por Helicobacter pylori e de sua erradicação sobre o consumo e estado nutricional. Acta Gastroenterol Latinoam. 2015;45(4):288-94.

Coelho SB. Efeitos do amendoim sobre o apetite e níveis de leptina, insulina e ghrelina e análise de polimorfismos para o promotor da leptina e seu receptor, em indivíduos eutróficos [tese]. Viçosa: Universidade Federal de Viçosa; 2007.

Blundell J, De Graaf C, Hulshof T, Jebb S, Livingstone B, Lluch A. et al. Appetite control: methodological aspects of the evaluation of foods. Obes Rev. 2010;11(3):251-70.

Klok MD, Jakobsdottir S, Drent ML. The role of leptin and ghrelin in the regulation of food intake and body weight in humans: a review. Obes Rev. 2007;8(1):21-34.




DOI: https://doi.org/10.5020/18061230.2017.p38

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia