Triagem metabólica e auditiva em neonatos de risco: estudo em hospitais públicos de Fortaleza-CE - doi:10.5020/18061230.2008.p255

Joyce Coelho Barbosa, Renata Parente de Almeida, Ana Paula Dias Rangel Montenegro, Renan Magalhães Montenegro Junior

Resumo


Objetivo: Descrever a realidade da triagem metabólica e auditiva em neonatos de risco em hospitais públicos da cidade de Fortaleza: Hospital Geral Dr. César Cals (HGCC), Maternidade- Escola Assis Chateaubriand (MEAC) e Hospital Geral de Fortaleza (HGF). Métodos: Estudo descritivo e transversal realizado através de entrevistas com 4 pediatras e com 127 mães dos neonatos (45 do HGCC, 40 da MEAC e 42 do HGF), no período de junho a outubro de 2004. Os dados investigados referem-se a: realização, teste, idade, conhecimento das mães, entre outros. Resultados: Segundo os pediatras, as triagens acontecem de forma eficiente. A metabólica ocorre nos 3 hospitais, enquanto a auditiva em 2 (HGCC e MEAC). Segundo as mães, verificou-se que 4 (3,1%) neonatos não submeteram-se a triagem metabólica e 36 (28,3) a triagem auditiva. Muitos deles realizaram a triagem metabólica no período inadequado, após o 30º dia de vida (54,8% no HGCC, 48,8% no HGF e 17,5% na MEAC). A maioria das mães relatou que a triagem auditiva foi realizada em seus filhos após o 3º mês de vida. Nos hospitais a divulgação da importância da triagem metabólica foi mais freqüente do que a da triagem auditiva. As mães desconhecem o período adequado para as triagens e as doenças detectadas. Conclusão: As triagens fazem parte da realidade desses hospitais embora, neste momento, ainda não plenamente. Constataram-se pontos falhos, principalmente, na falta de cobertura ampla e na idade do neonato. Os dados obtidos apontam à necessidade de ações nesse âmbito.

Palavras-chave


Triagem neonatal; Fenilcetonúrias; Hipotireoidismo Congênito; Perda Auditiva

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/568

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia