Avaliação vocal em indivíduos acometidos por queimaduras de face e pescoço - doi:10.5020/18061230.2008.p167

Adriana Carla de Sousa Turczinski, Lia Maria Brasil de Souza Barroso

Resumo


Objetivo: Avaliar a voz de pacientes acometidos por queimaduras de face e pescoço. Método: Realizou-se um estudo transversal, quantitativo e exploratório-descritivo; no período de dezembro de 2006 a abril de 2007. Avaliaram-se 12 (doze) pacientes do Centro de Tratamento de Queimados de um hospital de referência. Aplicou-se um protocolo que continha dados de identificação do paciente, análise morfológica do sistema estomatognático e características vocais do paciente. Resultados: Verificou-se que a articulação de fala encontrava-se reduzida, associada a falhas de instabilidade vocal, voz áspera e crepitante. Achados significativos da pesquisa foram as alterações na respiração, com predominância nos reabastecimentos insuficientes (41,7%) e uso do ar de reserva (33,3%). A respiração é um fator indispensável para a produção vocal. Em decorrência da alteração respiratória, o paciente pode realizar esforço no início da produção vocal e/ou mesmo entrar no ar de reserva que, concomitante à redução da articulação da fala, pode acarretar uma hiperfunção laríngea. Conclusão: Todos os pacientes apresentaram ausência de bridas nas regiões de pescoço e face, o que permitiu
boa movimentação cervical sem comprometimento da musculatura extrínseca da laringe nem prejuízo na produção vocal decorrente da tensão. Contudo, verificou-se que as alterações a nível respiratório, associadas à redução da articulação da fala, podem gerar um distúrbio vocal, caso não sejam corrigidas.

Palavras-chave


Queimaduras; Face; Pescoço; Testes de articulação da fala; Voz.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/579

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia