Correlação entre a presença de exostoses e disfunção temporomandibular - doi:10.5020/18061230.2008.p174

Ana Karolina Nunes Furtado, Ana Karina de Moraes Leite, Raquel Araújo de Albuquerque, Ana Paula Veras Sobral

Resumo


Objetivo: Verificar a associação de exostoses e/ou torus palatino e/ou mandibular com as variantes: gênero, idade, raça, localização e presença de disfunção temporo-mandibular (DTM). Métodos: A pesquisa é do tipo série de casos e retrospectivo. A amostra foi composta de 75 pacientes entre a 1ª e 10ª décadas de vida. Os dados foram triados do Centro de Dor Oro - Facial da Faculdade de Odontologia da Universidade Estadual de Pernambuco (CDO - FOP - UPE), obtidos por meio de entrevista dos pacientes e complementados pela análise dos prontuários, e de exame da cavidade bucal, para identificação, descrição e classificação das exostoses e/ou torus palatino e/ou mandibular. Realizou-se análise estatística descritiva considerando os dados antropométricos e demográficos dos pacientes, além dos testes estatísticos Qui-quadrado de Pearson e Exato de Fisher. Resultados: Observou-se que os torus estiveram presentes em 20,0% dos casos, sendo 60,0% palatinos. A maioria percentual
de torus ocorreu no sexo masculino (25,0%), na raça faioderma (24,3%) e na 5ª década de vida (23,1%), sem associação significativa entre sua presença e sexo, idade e raça. Verificou-se que o deslocamento de disco com redução foi o tipo de disfunção temporomandibular intracapsular mais relacionado a estas alterações. Conclusão: Na amostra estudada, a presença de torus foi registrada em 20,0% dos pesquisados, porém, não se verificou associação estatística significante entre a presença de exostoses e as variáveis sexo, raça e idade analisadas. O deslocamento de disco com redução foi a disfunção temporomandibular associada à presença de torus.

Palavras-chave


Síndrome da Disfunção da Articulação Temporomandibular; Doenças do Desenvolvimento Ósseo; Exostose.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/580

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia