O programa saúde da família sob o enfoque dos profissionais de saúde -

Edmar Teixeira Vieira, Maria de Jesus Lourinho Borges, Silvia Regina Martelli Pinheiro, Sharmênia de Araújo Soares Nuto

Resumo


Este estudo teve como objetivo compreender as percepções e os sentimentos dos profissionais de saúde que compõem o Programa Saúde da Família – PSF, de Maracanaú-CE. Tratou-se de uma pesquisa qualitativa, utilizando o referencial fenomenológico. Foram entrevistados 18 profissionais de saúde no período de setembro de 2002 a agosto de 2003, tendo como pontos norteadores a representatividade individual do PSF, o trabalho em equipe, as suas expectativas e o grau de satisfação. Por meio da análise compreensiva dos depoimentos, destacaram-se como pontos fortes do PSF: o vínculo familiar e o compromisso, bem como a educação em saúde. O trabalho em equipe, como inerente ao PSF, mostrou-se fundamental para que as atividades do programa fossem desenvolvidas. Como pontos preocupantes, os profissionais de saúde reivindicaram a melhoria das condições de trabalho e a estabilidade profissional. Cumpre ressaltar que foram encaminhados os resultados aos gestores, no sentido de que estas questões pudessem ser melhoradas ou resolvidas. A satisfação e as expectativas dos profissionais entrevistados, na maioria, são positivas e demonstram que trabalhar com essa estratégia, requer uma mudança de comportamento e comprometimento, um desafio a ser vencido.

Palavras-chave


Saúde da Família; Papel profissional; Satisfação no emprego.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/688

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia