A fonoaudiologia nas queimaduras de face e pescoço - doi:10.5020/18061230.2005.p105

Vivianne Lima de Freitas, Lia Maria Brasil de Souza

Resumo


As queimaduras que atingem a face podem acarretar cicatrizes que prejudicam a capacidade de comunicação, assim como a funcionalidade do sistema motor oral dos indivíduos queimados. O objetivo desse estudo foi compreender as práticas fonoaudiológicas desenvolvidas em pacientes com queimaduras de face e pescoço na cidade de Fortaleza- Ceará. O estudo foi do tipo exploratório-descritivo realizado com 41 fonoaudiólogos atuantes em clínicas, hospitais e centros de reabilitação na cidade, que responderem a um questionário com perguntas sobre: conhecimentos e benefícios da atuação fonoaudiológica para a reabilitação em queimados de face e pescoço, e sobre a procura por esse atendimento. Os resultados obtidos mostraram que 38 profissionais não tiveram contato com esse tipo de intervenção durante sua prática, sendo que 24 deles tinham informações sobre a importância desse atendimento para o paciente queimado de face e pescoço, e conheciam alguns campos de atendimento nessa área. Verificou-se que apesar da conscientização e informações sobre a importância dessa atuação, muitos profissionais em Fortaleza não atendiam esse tipo de paciente. Os fonoaudiólogos afirmaram sentir necessidade de maior conhecimento teórico e prático para lidar com esse atendimento, e que essa realidade poderia ser modificada tanto mediante a sua inserção nas unidades de atendimento a queimados, bem como pela divulgação de estudos clínicos sobre esse problema. Desse modo, haveria junto à comunidade médica e à sociedade, o (re)conhecimento da atuação fonoaudiológica para a melhoria da qualidade de vida do indivíduo queimado.

Palavras-chave


Queimaduras; Fonoaudiologia; Atuação Profissional.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/914

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia