Estresse ocupacional e engajamento em profissionais de saúde bucal

Jussara Rossi Castro, Claudia Eli Gazetta, Albertina Gomes da Silva, Paula Canova Sodré, Luciano Garcia Lourenção

Resumo


Objetivo: Avaliar os níveis de estresse ocupacional e engajamento em profissionais de saúde bucal de unidades da Atenção Primária à Saúde. Métodos: Estudo quantitativo, descritivo, correlacional e transversal, realizado com profissionais da saúde bucal das unidades de Atenção Primária à Saúde do município de São José do Rio Preto, São Paulo, em 2017. Utilizaram-se três instrumentos autoaplicáveis: um elaborado pelos pesquisadores, contendo variáveis sociodemográficas e profissionais, a Escala de Estresse no Trabalho e a Utrecht Work Engagement Scale. Os níveis de estresse ocupacional e engajamento foram calculados segundo modelo estatístico proposto pelos instrumentos e, para a análise, utilizou-se teste de correlação de Pearson, considerando significância de 95%. Resultados: Participaram 31 profissionais, sendo 20 (64,5%) cirurgiões-dentistas e 11 (35,5%) auxiliares de saúde bucal. Houve prevalência do sexo feminino (n=21; 67,7%), faixa etária de 40 anos ou mais (n=14; 45,2%), casados (n=26; 83,9%), concursados/estatutários (n=16; 51,6%), com carga horária semanal de 40 horas (n=23; 74,2%), sem outra atividade remunerada (n=19; 61,3%), três a dez anos de atuação na Atenção Primária à Saúde (n=13; 41,9%) e satisfeitos com a profissão (n=28; 90,3%). A amostra não apresentou níveis importantes de estresse, mas nove (29,0%) profissionais obtiveram escores compatíveis com estresse importante (>2,5). Os profissionais apresentaram níveis altos de engajamento em todas as dimensões. Estresse ocupacional e engajamento se correlacionam negativamente. Conclusão: Os trabalhadores apresentaram altos níveis de engajamento. Estresse ocupacional e engajamento tendem a ser inversamente proporcionais.

Palavras-chave


Estresse Ocupacional; Engajamento no Trabalho; Odontólogos; Auxiliares de Odontologia; Atenção Primária à Saúde

Texto completo:

PDF/A PDF/A (English)

Referências


Nunes BP, Flores TR, Garcia LP, Chiavegatto ADP Filho, Thumé E, Facchini LA. Time trend of lack of access to health services in Brazil, 1998-2013. Epidemiol Serv Saúde [Internet]. 2016 [acesso em 2019 Set 29];25(4):777-87. doi: https://doi.org/10.5123/S1679-49742016000400011

Mattos GCM, Ferreira EF, Leite ICG, Greco RM. A inclusão da equipe de saúde bucal na Estratégia Saúde da Família: entraves, avanços e desafios. Cienc Saude Colet [Internet]. 2014 [acesso em 2019 Set 29];19(2):373-82. doi: https://dx.doi.org/10.1590/1413-81232014192.21652012

Ministério da Saúde (BR). Portaria nº 2.436, de 21 de setembro de 2017. Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, estabelecendo a revisão de diretrizes para a organização da Atenção Básica, no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS) [internet]. Brasília: Ministério da Saúde; 2017 [acesso em 2019 Fev 07]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2017/prt2436_22_09_2017.html

Ferrari DA, Camarotto JA, Santos JEG. A atividade laboral do cirurgião dentista sob o contexto multidisciplinar da ergonomia: uma revisão sobre os domínios a serem considerados em ambiente odontológico. Rev Gest Prod Operações Sist [Internet]. 2016 [acesso em 2019 Set 30];11(1):159-77. doi: https://dx.doi.org/10.15675/gepros.v11i1.1348

Rowe DEO, Bastos AVB, Pinho APM. Múltiplos comprometimentos com o trabalho e suas influências no desempenho: um estudo entre professores do ensino superior no Brasil. Organ Soc [Internet]. 2013 [acesso em 2019 Fev 07];20(66):501-21. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1984-92302013000300008

Fan Y, Zheng Q, Liu S, Li Q. Construction of a new model of job engagement, psychological empowerment and perceived work environment among Chinese registered nurses at four large university hospitals: implications for nurse managers seeking to enhance nursing retention and quality of care. J Nurs Manag [Internet]. 2016 [acesso em 2019 Fev 07];24:646-55. doi: https://dx.doi.org/10.1111/jonm.12369

Sonnentag S. A task-level perspective on work engagement: A new approach that helps to differentiate the concepts of engagement and burnout. Burnout Res [Internet]. 2017 [acesso em 2019 Set 30];5(1):12-20. doi: https://doi.org/10.1016/j.burn.2017.04.001

Pauli J, Tomasi M, Gallon S, Coelho E. Satisfaction, conflict and engagement at work for high school teachers. Rev Pensamento Contemporâneo Adm [Internet]. 2017 [acesso em 2019 Set 30];11(4):72-85. doi: http://dx.doi.org/10.12712/rpca.v11i4.1004

Mukkavilli M, Kulkarni S, Doshi D, Reddy S, Reddy P, Reddy S. Assessment of work engagement among dentists in Hyderabad. Work [Internet]. 2018 [acesso em 2019 Fev 07];58(3):333-40. doi: https://doi.org/10.3233/WOR-172630

Brake HT, Bouman AM, Gorter R, Hoogstraten J, Eijkman M. Professional burnout and work engagement among dentists. Eur J Oral Sci [Internet]. 2007 [acesso em 2019 Fev 07];115(3):180-85. doi: https://doi.org/10.1111/j.1600-0722.2007.00439.x

Ministério da Saúde (BR), Secretaria de Vigilância em Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde. Política Nacional de Promoção da Saúde: revisão da Portaria MS/GM nº 687, de 30 de março de 2006 [internet]. Brasília: Ministério da Saúde; 2014 [acesso em 2018 Out 13]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/pnps_revisao_portaria_687.pdf

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. [População de] São José do Rio Preto [Internet]. [2019] [acesso em 2018 Out 13]. Disponível em: https://cidades.ibge.gov.br/brasil/sp/sao-jose-do-rio-preto/panorama

Prefeitura de São José do Rio Preto, Secretaria Municipal de Saúde. Painel de Monitoramento 2017: indicadores de 2016 [Internet]. 2017 [acesso em 2018 Out 13]. Disponível em: http://gestao.saude.riopreto.sp.gov.br/transparencia/arqu/painmoni/painel-monitoramento-2017.pdf

Paschoal T, Tamayo A. Validação da Escala de Estresse no Trabalho. Estud Psicol [Internet]. 2004 [acesso em 2019 Fev 13];9(1):45-52. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/epsic/v9n1/22380.pdf

Vazquez ACS, Magnan ES, Pacico JC, Hutz CS, Schaufeli WB. Adaptation and validation of the brazilian version of the Utrecht Work Engagement Scale. Psico-USF [Internet]. 2015 [acesso em 2019 Fev 13];20(2):207-17. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/pusf/v20n2/1413-8271-pusf-20-02-00207.pdf

Agnst R, Benevides-Pereira AMT, Porto-Martins PC. Utrecht Work Engagement Scale. Curitiba: GEPEB; 2009.

Lourenção LG, Silva AG, Borges MA. Engagement in primary health care professionals. Esc Anna Nery Rev Enferm [Internet]. 2019 [acesso em 2019 Set 30];23(3):e20190005. doi: https://doi.org/10.1590/2177-9465-EAN-2019-0005

Monteiro-Marin J, Zubiaga F, Cereceda M, Demarzo MMP, Trenc P, Garcia-Campayo J. Burnout subtypes and absence of self-compassion in primary health care professionals: A cross-sectional study. PLoS ONE [Internet]. 2016 [ acesso em 2019 Set 30];11(6):e0157499. doi: https://dx.doi.org/10.1371/journal.pone.0157499

Carlos MA. Perfil, qualidade de vida, estresse laboral, abuso e dependência de álcool dos trabalhadores da estratégia saúde da família [dissertação] [internet]. Uberlândia: Universidade Federal de Uberlândia; 2017 [acesso em 2019 Fev 07]. Disponível em: https://repositorio.ufu.br/handle/123456789/19069

Guimarães NA. A igualdade substantiva e os novos desafios nas relações de gênero no trabalho. Rev Estud Fem [Internet]. 2016 [acesso em 2019 Set 30];24(2):639-43. doi: http://dx.doi.org/10.1590/1805-9584-2016v24n2p639

Moreira IJB, Horta JA, Duro LN, Borges DT, Cristofari AB, Chaves J, et al. Perfil sociodemográfico, ocupacional e avaliação das condições de saúde mental dos trabalhadores da Estratégia Saúde da Família em um município do Rio Grande do Sul, RS. Rev Bras Med Fam Comunidade [Internet]. 2016 [acesso em 2019 Set 30];11(38):1-12. doi: http://dx.doi.org/10.5712/rbmfc11(38)967

Ministério da Saúde (BR), Departamento de Gestão da Educação na Saúde. PCCS - SUS: diretrizes nacionais para a instituição de planos de carreiras, cargos e salários no âmbito do Sistema Único de Saúde [Internet]. Brasília: Ministério da Saúde; 2006 [acesso em 2019 Fev 07]. Disponível em: http://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/pccs_diretrizes_nacionais_planos_carreiras_sus.pdf

Fleger DS, Guerra MA, Espindula KD, Lima RCD. O trabalho dos profissionais de saúde na estratégia saúde da família: relações complexas e laços institucionais frágeis. UFES Rev Odontol [Internet]. 2008 [acesso em 2019 Fev 07];10(4):17-23. Disponível em: http://periodicos.ufes.br/RBPS/article/viewFile/454/318

Lourenço EC, Silva ACB, Meneghin MC, Pereira AC. A inserção de equipes de saúde bucal no Programa Saúde da Família no Estado de Minas Gerais. Cienc Saude Colet [Internet]. 2009 [acesso em 2019 Fev 07];14(Supl 1):1367-77. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232009000800009

Singh P, Aulak DS, Mangat SS, Aulak MS. Systematic review: factors contributing to burnout in dentistry. Occup Med [Internet]. 2016 [acesso em 2019 Fev 07];66(1):27-31. doi: https://doi.org/10.1093/occmed/kqv119

Reis WG, Scherer MDA, Carcereri DL. O trabalho do Cirurgião-Dentista na Atenção Primária à Saúde: entre o prescrito e o real. Saúde Debate [Internet]. 2015 [acesso em 2019 Out 01];39(104):56-64. doi: https://doi.org/10.1590/0103-110420151040608

Moreira RS, Moraes MCL. Logros y dificultades del equipo de salud bucal en la estrategia de salud de familia en Brasil. Rev Fac Cienc Méd (Quito) [Internet]. 2017 [acesso em 01 Out 2019];41(2):19-25. Disponível em: http://200.12.169.32/index.php/CIENCIAS_MEDICAS/article/view/1515/1462

Costa DS, Rocha MP. O cirurgião-dentista e o mercado de trabalho no brasil: uma revisão sistemática da literatura. Id on Line Rev Multidiscip Psicol [Internet]. 2017 [acesso em 2019 Out 01];11(38):102-14. Disponível em: https://idonline.emnuvens.com.br/id/article/view/883/1252

Brigola S, Flores MT, Bordin D, Martins AS, Moimaz SAS, Fadel CB. Trabalho do cirurgião-dentista no serviço público de saúde e implicações sobre o estresse. Rev APS [Internet]. 2018 [acesso em 2019 Out 01];21(3):428-36. doi: https://doi.org/10.34019/1809-8363.2018.v21.16386

Silva AG. Níveis de engagement em enfermeiros da atenção primária à saúde [dissertação] [internet]. São José do Rio Preto: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto; 2018 [acesso em 2019 Fev 07]. Disponível em: http://bdtd.famerp.br/handle/tede/443

Cordioli DFC, Cordioli JR Jr, Gazzeta CE, Silva AG, Lourenção LG. Occupational stress and work engagement in primary health care workers. Rev Bras Enferm [Internet]. 2019 [acesso em 2019 Fev 07];72(6):1580-7. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0034-71672019000601580&script=sci_arttext

Cunha S, Gama C, Fevereiro M, Vasconcelos A, Sousa S, Neves AC, et al. A felicidade e o engagement no trabalho nos cuidados de saúde primários. Rev Port Med Geral Fam [Internet]. 2018 [acesso em 2019 Out 02];34(1):26-32. Disponível em: http://www.scielo.mec.pt/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2182-51732018000100004&lng=pt




DOI: https://doi.org/10.5020/18061230.2019.9157

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia