Avaliação do nível de estresse e sua correlação com o surgimento do herpes labial recorrente - doi:10.5020/18061230.2006.p35

Maria Juliana Rodrigues Mateus, Isabelle Lauritzen Duarte, Valma Maria Lins Gondim, Ana Paula Veras Sobral

Resumo


Muito se tem estudado sobre a influência do estresse nas alterações da resposta imune e com o surgimento de infecções oportunistas. Este estudo teve como objetivo avaliar a relação entre o nível de estresse e a recorrência do herpes labial. Tratou-se de um estudo de delineamento transversal, cuja amostra foi constituída por 408 estudantes de Odontologia, de ambos os sexos, provenientes da Faculdade de Odontologia de Pernambuco (FOPUPE) e da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). As seguintes variáveis foram consideradas: sexo; idade; raça; nível de estresse, a partir da resposta de questionário de avaliação do nível de estresse e da prevalência de herpes labial. Os resultados demonstraram associações estatisticamente significantes entre a presença do herpes e o sexo (p=0,014), a idade (p=0,002) e o nível de estresse (p=0,002). Não foi evidenciada a relação com a raça (p=0,309). Dos 38 casos de herpes labial detectados, 20 encontravam-se em fase de exaustão de estresse e 18 em fase de resistência (moderado). Concluiu-se, a partir deste estudo, haver uma forte correlação entre os níveis mais intensos de estresse e a recorrência do herpes labial, sendo as mulheres mais afetadas que os homens.

Palavras-chave


Estresse psicológico; Herpes labial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/958

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia