Prevalência e fatores associados à discriminação racial percebida nos serviços de saúde do Brasil

Marianny Nayara Paiva Dantas, Kezauyn Miranda Aiquoc, Emelynne Gabrielly de Oliveira Santos, Mercês de Fátima dos Santos Silva, Dyego Leandro Bezerra de Souza, Nayre Beatriz Martiniano de Medeiros, Isabelle Ribeiro Barbosa

Resumo


Objetivo: Analisar a prevalência da discriminação por raça/cor praticada por prestadores de cuidados em serviços de saúde no Brasil e seus fatores associados. Métodos: Estudo transversal realizado a partir dos dados da Pesquisa Nacional de Saúde (PNS) de 2013, com variável dependente elaborada a partir da resposta à questão X25: O(A) Sr(a) já se sentiu discriminado (a) ou tratado(a) pior do que as outras pessoas no serviço de saúde? As variáveis independentes foram: região de moradia no país, situação de domicílio, raça/cor, sexo, faixa etária, vive com cônjuge, ocupação, escolaridade, critério de classe social no Brasil, tabagismo, alcoolismo, presença de multimorbidade, autoavaliação de saúde e uso de plano privado de saúde médico ou odontológico. Esses fatores foram analisados através das razões de prevalência (RP), com análise multivariada pela regressão de Poisson (IC95%), com teste de Wald para estimação robusta. Resultados: A prevalência da discriminação por raça/cor foi de 1,45% (n=6055), associada a ser negro (RP 3,74 IC95% 2,89-4,85), ter idade entre 25-39 anos (RP 1,89 IC95% 1,21-2,55), ser fumante (RP 1,55 IC95% 1,17-2,09), possuir quatro morbidades (RP 2,54 IC95% 1,62-3,99), avaliar a própria saúde como ruim ou muito ruim (RP 1,76 IC95% 1,25-2,48), ser usuário do serviço público de saúde (RP 1,33 IC95% 1,02-1,73) e residir na zona urbana do país (RP 1,48 IC95% 1,10-1,98). Conclusão: A discriminação por raça/cor praticada por prestadores de cuidados de saúde no Brasil apresenta baixa prevalência, o que pode estar relacionado às construções e sanções culturais, sociais e legais envolvidas nesse fenômeno.

Palavras-chave


Racismo; Serviços de Saúde; Fatores Socioeconômicos; Preconceito; Brasil

Texto completo:

PDF/A PDF/A (English)

Referências


Barata RB. Como e por que as desigualdades sociais fazem mal à saúde [Internet]. Rio de Janeiro: Editora FIOCRUZ; 2009 [acesso em 2019 Mar 18]. Disponível em: https://static.scielo.org/scielobooks/48z26/pdf/barata-9788575413913.pdf

Paradies Y, Troung M, Prient N. A systematic review of the extent and measurement of healthcare provider racism. J Gen Intern Med [Internet]. 2013 [acesso em 2019 Mar 18];29(2):364-87. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3912280/

Werneck J. Racismo institucional e saúde da população negra. Saúde Soc [Internet]. 2016 [acesso em 2019 Mar 18];25(3):535-49. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/sausoc/v25n3/1984-0470-sausoc-25-03-00535.pdf

Almeida S. O que é racismo estrutural? Belo Horizonte: Letramento; 2018.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Censo demográfico 2010: características da população e dos domicílios. Rio de Janeiro: IBGE; 2011.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa nacional por amostra de domicílios, 2015: síntese de indicadores. Rio de Janeiro: IBGE; 2016.

Sellers SL, Cherepanov D, Hanmer J, Fryback DG, Palta M. Interpersonal discrimination and health-related quality of life among black and white men and women in the United States. Qual Life Res [Internet]. 2013 [acesso em 2019 Mar 18];22(6):1313-8. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3978034/

Smith-Bynum MA, Lambert SF, English D, Ialongo LS. Associations between trajectories of perceived racial discrimination and psychological symptoms among African American adolescents. Dev Psychopathol [Internet]. 2014 [acesso em 2019 Mar 18];26(4):1049-1065. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24955844

Kreling MCG, Pimenta CAM, Garanhani ML. Racial discrimination in pain management. Rev Dor [Internet]. 2015 [acesso em 2019 Mar 18];15(3):230-514. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-00132014000300230

Mays M, Jones AL, Delany-Brumsey A, Coles C, Cochran SD. Perceived Discrimination in Healthcare and Mental Health/ Substance Abuse Treatment Among Blacks, Latinos, and Whites. Med Care [Internet]. 2017 [acesso em 2019 Mar 18];55(2):173-81. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27753743

Smolen JR, Araújo EM. Raça/cor da pele e transtornos mentais no Brasil: uma revisão sistemática. Ciênc Saúde Colet [Internet]. 2017 [acesso em 2019 Mar 25];22(12):4021-30. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1413-81232017021204021&lng=pt&nrm=iso

Ben J, Cormack D, Harris R, Paradies Y. Racism and health service utilisation: a systematic review and meta-analysis. PLoS ONE [Internet]. 2017 [acesso em 2019 Mar 25];12(12). Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29253855

Brasil MS. Indicadores de Vigilância em Saúde descritos segundo a variável raça/ cor, Brasil. Bol Epidemiol [Internet]. 2017 [acesso em 2019 Mar 25];48(4):1-35. Disponível em: http://portalarquivos2.saude.gov.br/images/pdf/2017/fevereiro/17/Indicadores-de-Vigilancia-em-Saude-descritos-segundo-ra--a-cor.pdf

Batista WM, Mastrodi J. Dos fundamentos extraeconômicos do racismo no Brasil. Rev Direito Prax [Internet]. 2018 [acesso em 2019 Abr 10];9(4):2332-59. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rdp/v9n4/2179-8966-rdp-9-4-2332.pdf

Ministério Público do Trabalho do Estado do Paraná. MPT reforça promoção da inclusão de pessoas negras no mercado de trabalho [Internet]. 2019 [acesso em 2019 Nov 06]. Disponível em: http://www.prt9.mpt.mp.br/informe-se/noticias-do-mpt-pr/45-noticias-prt-curitiba/1187-mpt-reforca-promocao-da-inclusao-de-pessoas-negras-no-mercado-de-trabalho

Campos LA. Racismo em três dimensões: uma abordagem realista-crítica. Rev Bras Ciênc Soc [Internet]. 2017 [acesso em 2019 Nov 06];32(95):329507. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0102-69092017000300503&lng=pt&nrm=iso&tlng=pt

Souza-Júnior PRB, Freitas MPS, Antonaci GA, Szwarcwald CL. Desenho da amostra da Pesquisa Nacional de Saúde 2013. Epidemiol Serv Saúde [Internet]. 2015 [acesso em 2019 Nov 06];24(2):207-16. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S2237-96222015000200207&script=sci_abstract&tlng=pt

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional de Saúde, 2013: questionário dos moradores do domicílio. Rio de Janeiro: IBGE; 2014.

Boutwell BB, Nedelec JL, Winegard B, Shackelford T, Beaver KM, Vaughn M, et al. The prevalence of discrimination across racial groups in contemporary America: Results from a nationally representative sample of adults. PLoS ONE [Internet]. 2017 [acesso em 2019 Nov 06];12(8). Disponível em: https://journals.plos.org/plosone/article?id=10.1371/journal.pone.0183356

Abramson CM, Hashemi M, Sánchez-Jankowski M. Perceived discrimination in U.S. healthcare: Charting the effects of key social characteristics within and across racial groups. Prev Med Rep [Internet]. 2015 [acesso em 2019 Nov 06];2:615-21. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4721495/

Rosa AR. Relações raciais e estudos organizacionais no Brasil. Rev Adm Contemp [Internet]. 2014 [acesso em 2019 Nov 06];18(3):241-259. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rac/v18n3/v18n3a02.pdf

Tavares NO, Oliveira LV, Lages SRC. A Percepção de Psicólogos sobre o Racismo Institucional em Saúde Pública. Saúde Debate [Internet]. 2013 [acesso em 2019 Nov 06];37(99):580-7. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0103-11042013000400005&script=sci_abstract&tlng=pt

Alves MC, Semitontine N. Health Care in a Community of Followers of Traditional African-Brazilian Religions. Rev Saúde Pública [Internet]. 2009 [acesso em 2019 Nov 06];43(Supl1):85-91. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/19669069

Osypuk TL, Garcia AD. Beyond Individual Neighborhoods: a Geography of Opportunity Perspective for Understanding Racial/Ethnic Health Disparities. Health Place [Internet]. 2010 [acesso em 2019 Nov 06];16(6):1113-23. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC2952656/

Abreu IS. Biopolítica e racismo ambiental no Brasil: a exclusão ambiental dos cidadãos. Opin Jurid [Internet]. 2013 [acesso em 2019 Nov 06];12(24):87-99. Disponível em: http://www.scielo.org.co/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S1692-25302013000200006&lng=e&nrm=iso&tlng=e

Texeira S, Zuberi A. Mapping the Racial Inequality in Place: using youth perceptions to identify unequal exposure to neighborhood environmental hazards. Int J Environ Res Public Health [Internet]. 2016 [acesso em 2019 Nov 06];13(9):844. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5036677/

Lundberg GJW, Neel R, Lassetter B, Todd AR. Raciais bias in implicit danger associations generalizes to older male targets. PLoS ONE [Internet]. 2018 [acesso em 2019 Nov 06];13(6). Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29874255

Spink MJP. Ser fumante em um mundo antitabaco: reflexões sobre riscos e exclusão social. Saude Soc [Internet]. 2010 [acesso em 2019 Nov 06];19(3):481-49. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-12902010000300002

Cuevas AG, Reitzel LR, Cao Y, Nguyen N, Wetter DW, Adams CE, et al. Mediators of Discrimination and Self-rated Health among African Americans. Am J Health Behav [Internet]. 2013 [acesso em 2019 Nov 06];37(6):745-5. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/24001623

Fazeli Dehkordy S, Hall KS, Dalton VK, Carlos RC. The link between everyday discrimination, healthcare utilization, and health status among a national sample of women. J womens Health [Internet]. 2016 [acesso em 2019 Nov 06];25(10):1044-51. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27429363

Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Retrato das desigualdades de gênero e raça [Internet]. 4ª ed. Brasília: Ipea; 2011 [acesso em 2019 Mar 18]. Disponível em: http://www.ipea.gov.br/portal/index.php?option=com_content&view=article&id=12893

Conselho Nacional de Secretários de Saúde (BR). Revisão da política nacional de promoção da saúde [Internet]. Brasília: CONASS; 2014 [acesso em 2019 Mar 18]. Disponível em: https://www.conass.org.br/wp-content/uploads/2014/11/NT-18-2014-Politica-de-Promoc%CC%A7a%CC%83o-da-Sau%CC%81de.pdf




DOI: https://doi.org/10.5020/18061230.2019.9764

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Rev Bras Promoç Saúde, Fortaleza - Ceará - Brasil - e-ISSN: 1806-1230

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia