Mineração, Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável no Estado do Ceará:

Eliana Garcia Carvalho

Resumo


O investidor do Setor de Rochas Ornamentais e Minerais Industriais, no Estado do Ceará, detentor de
características próprias, depara-se com diversas dificuldades, principalmente, aquelas relativas ao aspecto legal,
quando da na instalação do empreendimento mineiro. Por isso, é fundamental o conhecimento dos órgãos
controladores, da legislação vigente, composta por Leis constitucionais e ordinárias, sendo a Lei básica o Código
de Mineração e suas modificações: decretos, portarias, instruções normativas e, ainda, a Lei ambiental. Diante
das peculiaridades do setor e profundas alterações por que atravessa a atividade mineral brasileira, decorrente da
globalização dos mercados, precisa-se, com urgência, que seja reavaliado o sistema de produção e exploração
dos recursos naturais. O Ceará, em especial, apresenta notável vantagem competitiva relacionada à ocorrência de
grandes variedades de litotipos, muito valorizadas comercialmente (granito e pedra do Cariri). Deste modo, fazse
necessário a adoção de medidas que visem a: primeiro - disciplinar as atividades de mineração, definindo
claramente a aplicação das normas de proteção ambiental; segundo - modernizar vigorosamente o parque
industrial; terceiro - desenvolver a base profissional de gerenciamento; e quarto - aumentar o valor agregado das
rochas ornamentais exportadas, entre outras. Há necessidade de se aprofundar os estudos no sentido de definir critérios teóricos e práticos, que constituam instrumentos para a avaliação da realidade da economia mineral e ambiental do Brasil. Assim, perante os fatos analisados, é consenso entre os agentes do setor público e privado, nacional e internacional, e ante as organizações não-governamentais (OGNs) que seja reavaliado, urgentemente, o sistema de produção e exploração dos recursos minerais utilizados, para torná-lo sustentável e garantir a existência das futuras gerações, ante sua insustentabilidade, manifestada de diversas maneiras, com trágicas conseqüências para o planeta, como o crescimento desordenado da população, a pobreza, a fome, a poluição das fontes de água, a evastação das florestas, e outras graves agressões ambientais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2318-0722.10.2.%25p

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Ciências Administrativas, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0722

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia