A Influência dos recursos e capacidades organizacionais no processo de

Ricardo Pitelli de Britto, Felipe Mendes Borini, Eduardo Pinheiro de Souza

Resumo


O presente artigo explora como os recursos e capacidades estratégicas desenvolvidas pelas empresas contribuem para a
sua prontidão em exportar, tida como a estratégia mais utilizada no início do seu processo de internacionalização. Foram
pesquisadas 393 empresas exportadoras do estado de São Paulo, estudo realizado por meio de uma pesquisa descritiva, com dados coletados por amostragem aleatória inferencial, desenvolvida com questionário estruturado com perguntas quantitativas. O questionário aplicado é de autoria do Prof. Dr. Cavusgil, da MSU, presente no Software CORE – Company Readiness to Export, de propriedade da MSU, que cedeu o seu uso para a realização desta pesquisa. Os resultados mostram que a presença de recursos e capacidades estratégicas está associada com um maior faturamento oriundo da exportação, além de garantir suporte para estratégias de maior comprometimento no exterior. Entretanto, os recursos e capacidades não estão associados ao volume de exportações ao longo de um período, não garantem uma expectativa futura de maior comprometimento no mercado exterior, nem exportação de maior valor agregado.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2318-0722.13.2.%25p

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Ciências Administrativas, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0722

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia