Levantamento dos mecanismos utilizados pelas incubadoras brasileiras para

Rosley Anholon, Eugênio José Zoqui, Jefferson Sousa

Resumo


Apesar da importância econômica e social que apresentam para o desenvolvimento de uma nação, grande parte das micro
e pequenas empresas têm sua mortalidade decretada antes de completarem os primeiros anos de existência. Na maioria dos
casos, esta mortalidade é decorrente da deficiência ou inexistência das práticas gerenciais desenvolvidas pelos micro ou pequenos empresários, como demonstra uma pesquisa publicada pelo SEBRAE (2004a) sobre os fatores condicionantes
e taxa de mortalidade das empresas no Brasil. É neste contexto que se destacam as incubadoras de empresas, que têm
por objetivo auxiliar novos empreendedores por meio de capacitação técnica, administrativa, gerencial e de infra-estrutura. Visando avaliar os principais mecanismos de auxílio disponibilizados por estas incubadoras às suas empresas, o presente artigo apresenta uma pesquisa realizada com 43 instituições de todo o país. A pesquisa abordou aspectos como a difusão de programas de qualidade, agregação de valor proporcionada à empresa incubada, mecanismos auxiliares para a elaboração de estratégias, estabelecimento do canal de comunicação com o cliente, controle da qualidade, estímulo ao desenvolvimento de práticas de recursos humanos e proximidade com os requisitos da norma ISO 9001:2000 que as empresas possuem ao deixarem a incubadora

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2318-0722.11.1.%25p

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Ciências Administrativas, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0722

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia