Configurações e reconfigurações do espaço residencial entre os anos de 2001 e 2012

Laura Pacheco Trevisan, Marcela Bortotti Favero, Olga Maria Coutinho Pepece, Francisco Giovanni David Vieira

Resumo


Este trabalho teve como objetivo geral a compreensão, por meio da análise de anúncios de imóveis, da relação entre o tipo de apartamento oferecido ao mercado de consumidores finais nos anos de 2001 a 2012 e os fatores micro e macroambientais que influenciaram esse tipo de oferta. O estudo foi realizado por meio de pesquisa documental. Como principal resultado, observou-se a mudança de ênfase da propaganda de imóveis, que inicialmente era dada para a localização e segurança, com apelo principalmente racional, e no final do período estudado se concentrava em diferenciações e inovações dos prédios, utilizando apelo emocional. Notaramse, também, algumas mudanças na composição das plantas dos apartamentos, relacionadas às alterações no comportamento da sociedade, como a quantidade de garagens, o tamanho da vaga e a ausência do quarto de empregada.

DOI: 10.5020/2318-0722.2014.v20n1p41

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Ciências Administrativas, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0722

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia