Falta de mão de obra qualificada no setor de serviço na região de Ribeirão Preto: uma avaliação pela ótica dos empresários

Claudio de Souza Miranda, Francine Giuda Rodrigues, Raissa Álvares de Matos Miranda, Adriana Cristina Ferreira Caldana, Lara Bartocci Liboni

Resumo


A falta de mão de obra qualificada é uma dificuldade encontrada pelos gestores das organizações. Este artigo buscou analisar essa realidade na região de Ribeirão Preto e como os empresários se organizam frente aos desafios da ausência de qualificação desses profissionais no setor de serviços. A pesquisa teve três etapas no processo metodológico: uma pesquisa em acervo bibliográfico, uma pesquisa qualitativa exploratória com foco nos sindicatos patronais e de trabalhadores, e finalmente a etapa de pesquisa quantitativa descritiva nas empresas. Foram realizadas 14 entrevistas com sindicatos e 279 questionários respondidos por empresas. Os resultados constataram o que a literatura já evidenciava. As empresas, apesar de terem demonstrado consideráveis níveis de dificuldades com os profissionais atuais, investem pouco em qualificação. Há falta de conhecimento delas em como melhorar a deficiência de capacitação dos colaboradores. O treinamento próprio é o método mais utilizado pelas organizações, sendo aplicado de maneira simplista e sem o envolvimento necessário por parte da gestão da empresa. Entretanto, as empresas demonstraram compreensão da necessidade de uma qualificação mais estruturada, inclusive com a disponibilização de horas de trabalho alocadas para treinamentos.

DOI: 10.5020/2318-0722.2014.v20n1p203

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Ciências Administrativas, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0722

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia