Política de dividendos e fluxos de caixa: um estudo à luz da Teoria da Sinalização (Dividend policy and cash flows: a study in the light of the Theory of Signs)

Dante Baiardo Cavalcante Viana Jr., Vera Maria Rodrigues Ponte

Resumo


O estudo investiga, pela ótica da Teoria da Sinalização, a relação entre a distribuição de dividendos e os fluxos de caixa futuros de 47 companhias listadas na BM&FBovespa entre 2007 e 2013, compreendo 329 observações. Trata-se de estudo de natureza exploratória e descritiva, no que diz respeito aos seus objetivos, e de abordagem quantitativa, na medida em que os dados coletados foram submetidos a testes estatísticos. A análise dos dados deu-se com o uso de um modelo de regressão múltipla, por meio de uma análise de dados em painel, adotando-se como variável dependente o ROA em t (proxy do fluxo de caixa) e como variáveis independentes Div./Ação em t-1 (proxy da política de dividendos), além de outras variáveis de controle. Na análise de regressão, verificou-se que a variável Div./Ação não pode explicar o ROA de forma significativa, rejeitando-se a hipótese do estudo. A pesquisa contribui para ampliar o espectro da pesquisa acerca da política de dividendos, ajudando na compreensão de possíveis fatores explicativos para a postura das companhias brasileiras no que diz respeito ao assunto.

DOI: 10.5020/2318-0722.2015.v21n1p211

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2318-0722.21.1.%25p

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Ciências Administrativas, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0722

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia