Comprometimento com o trabalho: o caso dos chefes de seções de infraestrutura da UFMG (Commitment to work: the case of the heads of infrastructure departments at the UFMG)

Edinaldo Santana Rocha, Luiz Carlos Honório

Resumo


O artigo tem por objetivo identificar o grau de comprometimento organizacional de servidores técnicos administrativos que ocupam cargo de chefia em seções de infraestrutura da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), tendo em vista as perspectivas teóricas de Meyer e Allen (1991). Os dados foram coletados por meio de entrevista semiestruturadas com sete chefes de seção e tratados mediante a interpretação do conteúdo dos depoimentos colhidos nas entrevistas, buscando se selecionar trechos que pudessem ilustrar as dimensões de comprometimento avaliadas. Os resultados evidenciaram que a principal dimensão de comprometimento presente na vida ocupacional da maioria dos servidores entrevistados é a afetiva, seguida pela normativa e, por último, a instrumental. A satisfação pessoal, a dedicação, a significância do trabalho, a motivação e a participação no planejamento das atividades foram apontadas como elementos que exprimem a dimensão afetiva. Já a lealdade, a gratidão e a aderência às normas e aos valores da organização foram relatadas como aspectos pertinentes à dimensão normativa. Por fim, a estabilidade, a liberdade e a tranquilidade de trabalhar na esfera pública foram mencionadas como aspectos associados à dimensão instrumental.

DOI: 10.5020/2318-0722.2015.v21n1p237

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2318-0722.21.1.%25p

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Ciências Administrativas, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0722

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia