Aprendizagem organizacional e competências organizacionais: duas faces

Maria de Fátima Telino de Meneses, Kalina Lígena Lira de Miranda Ribeiro, Célia Cristina Zago

Resumo


Nos últimos anos tem-se enfatizado a necessidade das pessoas aprimorarem continuamente suas capacidades por meio do
aprendizado individual, que pode convergir para o aprendizado organizacional. As práticas mais tradicionais de treinamento
parecem não mais atender plenamente às demandas organizacionais. A Aprendizagem Organizacional apresenta-se como possibilidade, às empresas que enfrentam mudanças para se manterem competitivas, uma vez que possibilita a criação de
conhecimento por meio de experiências organizacionais, fato que contribui para um melhor desempenho da Organização.
As competências organizacionais constituem-se de um conjunto de habilidades e conhecimentos, exercitados por meio de
processos organizacionais que permitem a uma empresa a coordenação de suas atividades, utilize seus ativos, aprenda e
se aperfeiçoe continuamente. Este ensaio apresenta as possibilidades de contribuições que a aprendizagem organizacional oferece para o desenvolvimento das competências organizacionais, nas empresas, ao mesmo tempo em que a aquisição de competências organizacionais pode proporcionar aprendizado organizacional

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2318-0722.12.1.%25p

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Ciências Administrativas, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0722

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia