O investidor brasileiro é conservador: uma pesquisa com os Docentes do

Vivianne Pereira Salas Roldan, Ricardo Eleutério Rocha

Resumo


No primeiro semestre de 2004, a poupança acumulou 3,83% de rentabilidade, enquanto os fundos DI e os CDB´s se destacaram
no mercado, com 7,56% e 7,70%, respectivamente (VIEIRA, 2004). Essa diferença, entretanto, não tem afetado muito as
decisões do investidor brasileiro, cuja maior preferência é pela poupança, seguida pelos imóveis, fundos e, por último, as
ações, em um comportamento tipicamente conservador, conforme pesquisa da Madia Mundo Marketing (CAMBA, 2004).
O presente trabalho procura investigar o comportamento financeiro dos professores do Centro de Ciências dministrativas (CCA) da Universidade de Fortaleza - UNIFOR, através de questionário fechado com 20 perguntas, aplicado com entrevista, no período compreendido entre abril e maio de 2004. A amostra abrangeu 55 docentes, e os dados coletados foram tabulados pelo software SPSS 12.0 for Windows. Prevaleceu entre os docentes pesquisados um perfil conservador, por possuírem a reserva/precaução financeira e a formação de patrimônio como principais objetivos financeiros. Verificou-se que 71% dos professores investem predominantemente em fundos de renda fixa, em detrimento dos fundos de renda variável. Também, 45,4% dos professores investem em poupança. Acredita-se que a formação acadêmica constitui importante fator de influência para as decisões de investimento, levando 45,4% dos pesquisados a diversificarem suas aplicações. Através desse estudo, foram levantadas como hipóteses para a aversão ao risco encontrada as limitações diferenciadas de cada indivíduo de acordo com o estágio do ciclo de vida, a propensão de não sacrifício do consumo imediato, e a falta de educação financeira com relação ao mercado de ações.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2318-0722.13.3.%25p

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Ciências Administrativas, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0722

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia