Sustentabilidade da dívida pública dos estados brasileiros (Public debt sustainability of brazilian states)

Ana Lúcia Fontenele, Francisco José Silva Tabosa, José Nilo de Oliveira Júnior, Daniel Barboza Guimarães

Resumo


O objetivo deste estudo é analisar se o endividamento público dos 26 estados brasileiros e do Distrito Federal é sustentável no período de 2000 a 2010, após a implementação da Lei de Responsabilidade Fiscal. Para isso, foi aplicado o teste de raiz unitária de Im, Pesaram e Shin (2003) para dados em painel, o qual considera que os coeficientes autorregressivos podem variar para cada unidade analisada, pois cada estado apresenta características próprias, com o intuito de descobrir se há estacionariedade na razão dívida/PIB. Porém, os resultados mostraram que, exceto para os estados da Região Centro-Oeste, a dívida pública apresentou um comportamento insustentável no período analisado, confirmando os resultados encontrados por Lopes (2007) e Tabosa et al. (2011).

DOI: 10.5020/2318-0722.2015.v21n2p621

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Ciências Administrativas, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0722

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia