Avaliação da viabilidade financeira de projetos de aterros sanitários no Brasil, no âmbito do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo, do protocolo de Quioto:o caso do projeto Novagerar

Denise Diniz de Barros, Celso Funcia Lemme

Resumo


O mercado de créditos de carbono pode gerar oportunidades de criação de valor para empresas e prefeituras no Brasil, com os mecanismos de flexibilização do Protocolo de Quioto abrindo espaço para que as reduções de Gases de Efeito-Estufa (GEE) sejam negociadas mundialmente,facilitando a inserção dos países em desenvolvimento no mercado através do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL). O objetivo deste trabalho foi desenvolver um modelo para análise de viabilidade financeira de projetos de aterros sanitários com venda de créditos de carbono e geração de energia através do biogás. O NovaGerar, projeto pioneiro de aterro sanitário em Nova Iguaçu, foi utilizado como base para o desenvolvimento do modelo. Os resultados do estudo indicam viabilidade do empreendimento e podem ajudar empresários e prefeituras na tomada de decisões de investimento e planejamento de serviços de saneamento, abrindo portas e encurtando caminhos na direção de estruturar projetos de aterros sanitários que, além de gerarem remuneração adequada para o capital privado, melhorem as condições de saúde e bem-estar da população local.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/2318-0722.15.1.%25p

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Ciências Administrativas, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0722

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia