Processo de internacionalização da empresa Rota do Mar

Rennaly Alves da Silva, Walter Fernando Araújo de Moraes

Resumo


Com o aumento da competição, a atuação das empresas tem se tornado cada vez menos limitada aos mercados nacionais. Nesse contexto, o processo de internacionalização emerge como tema central nos estudos de estratégia. Assim, o presente estudo tem o objetivo de compreender como ocorre o processo de internacionalização da Rota do Mar, empresa localizada no polo de confecções de Santa Cruz do Capibaribe, em Pernambuco. A escolha pela empresa ocorreu em função da sua representatividade não só para o Estado, por ser a maior empresa de confecções, mas também para a região Nordeste. Utiliza-se o modelo de Uppsala, abrangendo a sua evolução ao longo de quase quatro décadas. Na pesquisa, é utilizada a metodologia qualitativa e a estratégia de estudo de caso, com perspectiva de processo. A análise da empresa permitiu identificar nove evidências complementares ao modelo de Uppsala acerca das características do processo de internacionalização. Aspectos tais como o papel do agente externo de exportação, do conhecimento experiencial, da atuação da empresa no mercado doméstico e da escolha do mercado de atuação, mostraram-se relevantes para este processo.

Texto completo:

PDF XML


DOI: https://doi.org/10.5020/2318-0722.23.1.70-102

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Ciências Administrativas, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0722

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia