Processo de internacionalização da empresa Rota do Mar

Autores

  • Rennaly Alves da Silva Universidade Federal da Paraíba - UFPB Programa de Pós-Graduação em Administração - PROPAD/UFPE
  • Walter Fernando Araújo de Moraes Universidade Federal de Pernambuco - UFPE Programa de Pós-Graduação em Administração - PROPAD

DOI:

https://doi.org/10.5020/2318-0722.23.1.70-102

Resumo

Com o aumento da competição, a atuação das empresas tem se tornado cada vez menos limitada aos mercados nacionais. Nesse contexto, o processo de internacionalização emerge como tema central nos estudos de estratégia. Assim, o presente estudo tem o objetivo de compreender como ocorre o processo de internacionalização da Rota do Mar, empresa localizada no polo de confecções de Santa Cruz do Capibaribe, em Pernambuco. A escolha pela empresa ocorreu em função da sua representatividade não só para o Estado, por ser a maior empresa de confecções, mas também para a região Nordeste. Utiliza-se o modelo de Uppsala, abrangendo a sua evolução ao longo de quase quatro décadas. Na pesquisa, é utilizada a metodologia qualitativa e a estratégia de estudo de caso, com perspectiva de processo. A análise da empresa permitiu identificar nove evidências complementares ao modelo de Uppsala acerca das características do processo de internacionalização. Aspectos tais como o papel do agente externo de exportação, do conhecimento experiencial, da atuação da empresa no mercado doméstico e da escolha do mercado de atuação, mostraram-se relevantes para este processo.

Downloads

Publicado

23.12.2016

Como Citar

Silva, R. A. da, & Moraes, W. F. A. de. (2016). Processo de internacionalização da empresa Rota do Mar. Revista Ciências Administrativas, 23(1), 70–102. https://doi.org/10.5020/2318-0722.23.1.70-102

Edição

Seção

Artigos