A Manutenção do Sistema Previdenciário Afeta a Sustentabilidade Fiscal do Governo? Um Estudo de Caso do Governo do Estado do Ceará

Paulo Araújo Pontes

Resumo


O tema sustentabilidade fiscal, entendida como a capacidade de um governo manter o orçamento público, intertemporalmente, equilibrado, é um importante condicionante para o desenvolvimento de uma economia. Nesse sentido, deve-se destacar que, nos anos recentes, a sustentabilidade da política fiscal do governo central e dos estados brasileiros têm sido questionada, dado o comportamento do endividamento público e o comportamento das despesas previdenciárias. Assim, esse artigo têm como objetivo analisar o impacto que o resultado previdenciário têm na sustentabilidade da política fiscal do Governo do Estado do Ceará. Tendo-se optado por utilizar uma Função de Reação Fiscal, constatou-se que as contas previdenciárias do Estado têm influencia negativa na sustentabilidade fiscal do Estado e sua política fiscal é insustentável.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Ciências Administrativas, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0722

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia