Inovação aberta: uma vantagem competitiva para pequenas e médias empresas

Autores

  • Daniela Baggio Universidade do vale do rio dos sinos
  • Iuri Gavronski Universidade do vale do rio dos sinos
  • Vinicius Zanchet De Lima Universidade de Caxias do Sul

DOI:

https://doi.org/10.5020/2318-0722.2019.7507

Resumo

A dinâmica do mercado e a competição entre as empresas fazem com que estas desenvolvam ações e adotem estratégias para manterem uma posição almejada no mercado. Esta pesquisa teve por objetivo identificar como a inovação aberta foi relacionada à vantagem competitiva para as pequenas e médias empresas nos estudos existentes, como, também, prover uma agenda para futuras pesquisas. Assim, através de um levantamento teórico bibliográfico em jornal internacionais e revistas relevantes para esta área do conhecimento foram apresentados os seguintes tópicos: vantagem competitiva nas organizações; pequenas e médias empresas no ambiente dos negócios; inovação aberta; e a inovação aberta: uma vantagem competitiva para pequenas e médias empresas. Nessa perspectiva, percebe-se existir um novo modelo de competição nas pequenas e médias empresas, além de trazer benefícios e vantagens excepcionais para a gestão, dentre eles destacam-se a uma grande variedade de ideias e conhecimento gerado, descoberta de soluções radicais, legitimidade no ambiente externo, além do mais, os parceiros externos podem ser mais bem equipados para fins de comercializar invenções para interesses mútuos, além do aproveitamento de complementos de terceiros, acesso a recursos e conhecimentos. Outros benefícios são a perspectiva de custos mais baixos na inovação, as empresas têm chances de reduzir os riscos com as outras empresas, explorar os recursos de outras empresas fazem com que essas reduzem o risco de entrada no mercado e o tempo de desenvolvimento de um novo produto.

Biografia do Autor

Daniela Baggio, Universidade do vale do rio dos sinos

acharelado em Administração de Empresas com linha de formação específica em Finanças e Controladoria (2013). Mestre em Administração pela Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) (2016). Tem experiência na área de Administração. Interesse em pesquisas nas áreas de estratégia e inovação em práticas colaborativas. Professora de pós graduação nos cursos de Administração estratégica, mercadológica e de pessoas no Centro Universitário Leonardo da Vinci, e do curso profissionalizante de matemática e estatística.

Iuri Gavronski, Universidade do vale do rio dos sinos

Bolsista de pós-doutorado pela CAPES na Ivey Business School, Western University, Ontario, Canadá. Doutor em Administração pelo PPGA/UFRGS (2009). Professor do PPG de Administração da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS). Membro do Academy of Management (AoM), Decision Sciences Institute (DSI) e Production and Operations Management Society (POMS). Seu tema de pesquisa é a interface entre estratégia, operações e sustentabilidade.

Vinicius Zanchet De Lima, Universidade de Caxias do Sul

Aluno do Doutorado em Administração na Universidade de Caxias do Sul, Bolsista PROSUP/ CAPES. Mestre em Administração pela Universidade de Caxias do Sul (2015). Bacharel em Administração com linha de formação específica em Marketing (2013). Curso superior de tecnologia em Processos Gerenciais (2014). Bacharel em ciências Contábeis, em andamento (início 2016). Interesse em pesquisa nas áreas de marketing de relacionamento e comportamento do consumidor.

Downloads

Publicado

06.12.2019

Como Citar

BAGGIO, D.; GAVRONSKI, I.; DE LIMA, V. Z. Inovação aberta: uma vantagem competitiva para pequenas e médias empresas. Revista Ciências Administrativas, [S. l.], v. 25, n. 3, 2019. DOI: 10.5020/2318-0722.2019.7507. Disponível em: https://periodicos.unifor.br/rca/article/view/7507. Acesso em: 1 jul. 2022.

Edição

Seção

Artigos