A dependência das redes interorganizacionais em relação as suas empresas integrantes

Leander Luiz Klein, Breno Augusto Diniz Pereira, Antônio Carlos Freitas Filho

Resumo


O objetivo deste artigo é verificar como se desenvolve a relação de dependência rede-empresas ao longo da evolução das redes interorganizacionais. Para tanto, realizou-se uma pesquisa com redes que se encontravam em fases distintas de evolução, sejam elas: Formação, Desenvolvimento e Profissionalização. Para coleta de dados, realizou-se entrevistas com os presidentes de redes tendo em vista fatores definidos a priori conforme literatura. Dentre os principais resultados dessa pesquisa, ressalta-se o fato de que nas fases iniciais de evolução das redes elas serem dependentes dos seus integrantes quanto aos fatores estudados. A saída de um deles comprometeria toda estrutura da rede. Isso vai se modificando no decorrer do processo evolutivo da rede. Ou seja, com o desenvolvimento e profissionalização da rede, ela gera mais benefícios aos seus associados, e estes é que se tornam dependentes da rede.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Ciências Administrativas, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0722

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia