Análise da relação entre orientação empreendedora, ambiente organizacional e desemprenho de micro e pequenas empresas (MPES)

Alessandra Cassol, Marcelo Roger Meneghatti, Alessandra Demite Gonçalves de Freitas, Lucilene Gubert

Resumo


O presente artigo discute a importância da orientação empreendedora e o impacto do ambiente para o desempenho das micro e pequenas empresas. A orientação empreendedora surge como uma dimensão de estudo que procura relacionar a temática da gestão estratégica e do empreendedorismo. Dessa forma, o objetivo desta pesquisa é analisar a relação entre orientação empreendedora, ambiente organizacional e o desempenho de micro e pequenas empresas do meio oeste de Santa Catarina. Ponderando a relevância da orientação empreendedora no conjunto do gerenciamento organizacional e por ser um tema ainda a ser ampliado entre os estudos sobre empreendedorismo no Brasil, este estudo delimita a questão de pesquisa: Qual a relação entre orientação empreendedora, ambiente organizacional e o desempenho das micro e pequenas empresas? A coleta de dados aconteceu por meio de um questionário validado aplicado presencialmente com os gestores de 356 empresas do oeste de Santa Catarina. As respostas foram processadas e analisadas pelo Software Smart PLS para a realização das equações estruturais para constatação dos testes das hipóteses. Esta pesquisa traz como contribuição uma complementação de que a orientação empreendedora é importante para a otimização do desempenho organizacional. As empresas devem dar destaque para uma postura empreendedora como um elemento fundamental para terem vantagem competitiva.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5020/2318-0722.2020.8803

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Ciências Administrativas, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0722

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia