Se esse corpo fosse meu: uma análise da representação do corpo veiculada pela Revista Boa Forma

Sofia Batista Ferraz, Marília Romero Campos

Resumo


Ao considerar a importância do corpo no processo de subjetivação e socialização do sujeito e assumir que suas significações transcendem sua barreira orgânica, o objetivo deste artigo é analisar a representação do corpo veiculada pela revista Boa Forma. Para tal, foi realizada a análise das edições 331 a 336 da revista, nos detendo na seção da Estrela da Capa. Constatouse que a representação de corpo proposta pela revista é norteada pela moral da boa forma, evidenciando o corpo como objeto privilegiado de consumo da contemporaneidade que deve idolatrado e cuidado dia após dia.

Palavras-chave


Corpo. Representação. Consumo. Mídia.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5020/23180714.2014.29.2.193-209

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista de Humanidades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0714

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia