A Natureza dos Deuses da Natureza: Comunidades Tradicionais Religiosas de Matriz Africana e o Processo de Expansão Urbana na Contemporaneidade da Cidade de Poções – BA

Celio Silva Meira, Celeste Dias Amorim, Marília Flores Seixas de Oliveira

Resumo


O presente artigo é resultado de mais de dez anos de pesquisa participativa e acadêmica, que visou analisar, de forma crítica, como as culturas de matrizes africanas sobrevivem na contemporaneidade com o crescimento urbano das cidades, tomando como base o crescimento urbano brasileiro e em especial um estudo de caso na cidade de Poções - BA. Procurou-se averiguar de que forma os projetos de construção de novos bairros nos arredores da cidade vem impactando nas comunidades religiosas de candomblé. Discutimos também sobre a importância que as áreas verdes têm para o povo de santo, uma vez que eles dependem dessas para a realização de cerimônias e deposição de oferendas aos deuses da natureza, e com a destruição para o erguimento de novos bairros, muitos desses cultos estão se perdendo por falta de espaços verdes ou sendo modificados em função da degradação ambiental nos entornos da cidade.

Palavras-chave


Comunidades de Candomblé; Crescimento Urbano; Degradação Ambiental.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5020/23180714.2015.30.2.362-378

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista de Humanidades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0714

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia