Dos saberes da terra ao projovem campo-saberes da terra

Autores

  • Raimunda Áurea Dias de Sousa
  • Tatiane de Macedo Coelho

DOI:

https://doi.org/10.5020/23180714.2016.31.2.474-488

Palavras-chave:

Educação do Campo. Projovem Campo. Movimento.

Resumo

Tendo como base as lutas dos camponeses por educação que seja do/no campo, o presente trabalho tem como objetivo analisar as repercussões do Projovem Campo como uma modalidade da Educação do Campo no Município de Petrolina-PE, bem como, a importância de sua conquista para os trabalhadores do espaço rural. Voltado para atender Jovens e Adultos excluídos da Escola, o referido Programa surge nos movimentos sociais como necessidade de autonomia, de democratizar o conhecimento para um número maior de pessoas. Nesse sentido, compreende-se que ter acesso à escola é importante, para que a cerca do latifúndio seja quebrada junto com a cerca da ignorância.

Biografia do Autor

Raimunda Áurea Dias de Sousa

Profa. Adjunta do Colegiado de Geografia e do PPGFPPI da UPE- Petrolina.Lider do Grupo de Pesquisa em Sociedade e Natureza do Vale do São Francisco

Tatiane de Macedo Coelho

Especialista em Ensino de Geografia- UPE - integrante do Grupo de Pesquisa em Sociedade e Natureza do Vale do São Francisco.

Downloads

Publicado

2016-12-16

Como Citar

Sousa, R. Áurea D. de, & Coelho, T. de M. (2016). Dos saberes da terra ao projovem campo-saberes da terra. Revista De Humanidades, 31(2), 474–488. https://doi.org/10.5020/23180714.2016.31.2.474-488

Edição

Seção

Artigos