A mediação pedagógica no gênero chat educacional numa disciplina da UNILAB-CE

Autores

  • José Olavo da Silva Garantizado Júnior

DOI:

https://doi.org/10.5020/23180714.2016.31.2.548-562

Palavras-chave:

Mediação Pedagógica. Ensino a Distância (EaD). Ambientes Virtuais de Aprendizagem (AVAs).

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo discutir de que maneira o conceito mediação pedagógica pode lançar luzes no estudo da construção do conhecimento entre os participantes de sessões de chat educacional, sujeitos envolvidos no processo ensino/aprendizagem na modalidade de Educação a Distância (EaD). Para isso, empreendemos um esforço para discutir a categoria mediação pedagógica a partir das perspectivas teóricas de Vygotsky (1998), que conceitua a existência de uma mediação simbólica a partir de uma perspectiva interacional; Masetto (2000), o qual apresenta a competência dos professores universitários e as suas habilidades na modalidade Educação a Distância (EaD); Abreu (2002), que discutiu a necessidade de o professor conhecer e dominar o chat educacional para poder torná-lo um gênero eficaz na educação; Gutierrez e Prieto (1994) e Araújo (2006), que analisaram a construção sóciocolaborativa do conhecimento no gênero chat educacional. No que tange à modalidade de ensino EaD, partiremos dos trabalhos de Alves (1998) e Elias & Souza (2004), cujos trabalhos focalizam os aspectos historicistas e a importância dessa nova modalidade de ensino. Os resultados de nossa incursão pela literatura especializada sinalizam para a ressignificação que o professor sofre nos chats educacionais em que atua, assumindo a condição de mediador pedagógico.

Biografia do Autor

José Olavo da Silva Garantizado Júnior

Doutor e mestre em Linguística pela UFC. Professor Adjunto do Instituto de Humanidades e Letras da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (IHL/ UNILAB)

Downloads

Publicado

2016-12-16

Como Citar

Garantizado Júnior, J. O. da S. (2016). A mediação pedagógica no gênero chat educacional numa disciplina da UNILAB-CE. Revista De Humanidades, 31(2), 548–562. https://doi.org/10.5020/23180714.2016.31.2.548-562

Edição

Seção

Artigos