Linguagem e mal-estar

José Lemos Monteiro

Resumo


Este estudo discute alguns aspectos da relação entre linguagem e mal-estar, enfocando sobretudo o poder associativo que caracteriza o signo lingüístico. Entre os assuntos que elege para demonstrar as reações de mal-estar causadas pelo uso da linguagem verbal estão os tabus lingüísticos e a diversidade dialetal. A interpretação dada retoma a tese da motivação do signo e, nesse ponto, redimensiona a teoria da arbitrariedade formuladaconceito ou imagem mental do referente, mas inclui aspectos de natureza afetiva e imaginativa, bem como valores de ordem social. Palavras-chave: Linguagem, tabu, sociolingüística, mudança, significado.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Subjetividades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2359-0777

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia