Puxa-se um umbigo: considerações psicanalíticas acerca do histrionismo na estrutura histérica

Sidnei Arthur Goldberg

Resumo


Este artigo inicia retomando a teoria freudiana dos sonhos, acentuando seu caráter imaginário e o processo de transposição para uma literalidade realizado pela análise. Em seguida, trabalha e isola o traço de histrionismo na histeria, tomado da semiologia médica. Em primeiro lugar mostrando as duas posições do discurso médico frente a este traço e, em segundo, mostrando como a psicanálise, tal qual opera frente ao sonho, procura transpor este “dar a ver” numa literalidade a ser decifrada em mensagem inconsciente dirigida a um Outro, com a conseqüente implicação subjetiva do sujeito neste processo. Desvela-se assim o aspecto relacional do sofrer e gozar histérico. Ao final, temos o relato de uma sessão intrincando teoria e clínica. Palavras-chaves: sonho, histrionismo, histeria, inconsciente, desejo.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Subjetividades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2359-0777

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia