Ócio, lazer e tempo livre na sociedade do consumo e do trabalho

Autores

  • Cássio Adriano Braz Aquino
  • José Clerton de Oliveira Martins

Resumo

O período Pós-Revolução Industrial foi marcado por uma profunda referência ao trabalho, tanto na estruturação social como na produção do sujeito moderno. Com a crise da sociedade centrada no trabalho, alguns valores e categorias são resgatados e demandam uma nova caracterização. O domínio do trabalho na estruturação social passa a ser questionado e surgem idéias que colocam o tempo livre, o ócio e o lazer no papel de elementos estruturantes do novo contexto social. Antes de posicionar-se sobre essa passagem de domínio, o texto discute e reflete sobre tais categorias, abrindo uma possibilidade clara de sua territorialização no campo das ciências sociais, e, de forma especial, na sua contribuição a uma nova forma de produção subjetiva. Palavras-chave: ócio, lazer, tempo livre, trabalho, sociedade.

Biografia do Autor

Cássio Adriano Braz Aquino

Doutor em Psicologia Social pela Universidad Complutense de Madrid. Professor Adjunto da Universidade Federal do Ceará.

José Clerton de Oliveira Martins

Doutor em Psicologia pela Universidad de Barcelona. Pósdoutor em Estudios de Ócio pela Universidad de Deusto. Professor Titular da Universidade de Fortaleza.

Downloads

Publicado

28.10.2007

Como Citar

Adriano Braz Aquino, C., & de Oliveira Martins, J. C. (2007). Ócio, lazer e tempo livre na sociedade do consumo e do trabalho. Revista Subjetividades, 7(2), 479–500. Recuperado de https://periodicos.unifor.br/rmes/article/view/1595

Edição

Seção

Artigos