De balde e vassoura na mão: os sentidos que mulheres serventes de limpeza atribuem aos seus trabalhos

Maria Fernanda Diogo, Kátia Maheirie

Resumo


Buscamos nesta pesquisa a compreensão dos sentidos do trabalho para mulheres que exercem funções de limpeza e conservação em uma empresa prestadora de serviços na Grande Florianópolis/ SC. Baseamo-nos numa leitura histórico-dialética, entendendo o sujeito como um ser social, histórico, constituído e constituinte do seu contexto. Realizamos uma pesquisa de campo de metodologia qualitativa, na forma de estudo de caso. As entrevistas buscaram captar o movimento destas mulheres nos processos de escolha da profissão de limpeza e conservação, os sentidos atribuídos a este trabalho, bem como quais os projetos por elas engendrados. Para a análise, utilizamos o método progressivo-regressivo, baseado na teoria sartreana, destacando a objetivação das subjetividades. A análise demonstrou que o trabalho é importante e central na vida das entrevistadas, mas algumas características das relações estabelecidas em seu bojo o tornam fonte de insatisfação e sofrimento psíquico. Os sentidos atribuídos ao trabalho de limpeza e conservação são múltiplos e, freqüentemente, apresentam-se de forma ambivalente, mas destacaram-se nas entrevistas aspectos depreciativos e desvalorizantes, sendo este trabalho descrito como cansativo, mal remunerado e socialmente não-reconhecido. Desta forma, esta profissão foi narrada como pouco atrativa e a mudança de emprego permanece na dependência de surgir outra possibilidade de inserção profissional. Além do trabalho remunerado, as entrevistadas também realizam serviços de limpeza e conservação no âmbito doméstico, gerando sobrecarga e cansaço. O serviço doméstico foi sentido como “fatalidade” – conseqüência do fato de “ser mulher”, repetitivo, interminável e, sobretudo, “heróico” – valorizando a dignidade da submissão e abnegação daquela que o exerce. Este discurso reproduz os lugares sociais de homens e mulheres numa rede de sentidos que permeia tanto a família como a sociedade em geral. Palavras-chave: constituição do sujeito, trabalho, gênero, sentidos do trabalho, sofrimento psíquico.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Subjetividades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2359-0777

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia