Sujeito, Subjetividade e “Ciência” em Freud e Lacan: Algumas Considerações Teóricas Prévias a uma Intercessão-pesquisa no Campo da Saúde Mental Coletiva

Waldir Périco, Abílio da Costa-Rosa

Resumo


Tendo a psicanálise de Freud e Lacan como referência, buscamos tecer considerações
teóricas prévias a uma Intercessão-Pesquisa no contexto da Saúde Mental Coletiva. Para
tal, esboçamos as teorizações de sujeito e subjetividade, bem como a visão de “ciência”
e de produção de saber que se faz possível a partir destes conceitos. A psicanálise elucida
um sujeito além do eu, na medida em que a fala deflagra o furo no discurso. Sujeito este
que, por não se esgotar em um significante, sempre emerge do movimento simbólico ao ser
representado por um significante para outros significantes. É por ser produzido a partir da
cascata de significantes, como enxame de sentido, estando esta em constante movimento,
que enunciamos a hipótese do processamento subjetivo. Falamos de subjetividade ativa, que
não cessa de produzir novos significantes: produção de sentidos novos a partir dos efeitossujeito.
Com a psicanálise, vemos uma revolução paradigmática no campo epistemológico,
que coloca em relevo a produção subjetiva sempre pela via do sujeito. Possibilita uma práxis
que se coloca em condição de tratar o Real pelo Simbólico; tratamento sempre parcial, uma
vez que o Simbólico não tem o último significante capaz de dizer por completo o Real do
sujeito. De tal modo, é a partir da perspectiva da castração simbólica que se pode conceber
o que podemos denominar um campo “científico” psicanalítico: uma “ciência” não-toda. No
Dispositivo Intercessor, a produção do saber na práxis está inevitavelmente atrelada a um
saber-se por parte do sujeito, capaz de operar equacionamentos nos impasses de subjetivação
vivenciados. Quanto ao saber da pesquisa, esse é produzido a posteriori e corresponde a uma
reflexão de estatuto epistemológico sobre o processo de produção do saber na práxis clínica.

Palavras-chave


sujeito; subjetividade; modos de subjetivação; paradigma científico; psicanálise.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/23590777.14.3.418-432

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Subjetividades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2359-0777

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia