O corpo humano numa aproximação à antropologia da saúde

Maria Lígia dos Reis Bellaguarda

Resumo


Este estudo foi estruturado a partir de discussões acerca da antropologia da saúde e da neurobiologia, em disciplina do doutorado em antropologia da saúde, numa perspectiva reflexiva. Como direcionadora das reflexões perguntou-se qual a relação do corpo, no processo saúde-doença, estabelecida entre a neurobiologia e a antropologia da saúde? Para o alcance reflexivo apresenta como objetivo ponderar acerca do corpo como objeto humano de vivenciar os processos saúde-doença em aproximação com a antropologia da saúde. Traz em si uma reflexão em parte intimista da relação humana, que se faz com o corpo e sua representação social como materialidade do ser-humano em exteriorizar o saudável e o patológico numa abrangência sóciocultural. Delineia uma interelação entre a antropologia da saúde e a neurobiologia a partir de literatura antropológica específica. Esta articulação das duas ciências está no sentido de realizar a adoção de novos conceitos, em tentativa de trazer á tona que o conhecimento da fisiologia humana não se faz somente no limite do corpo, mas também em resposta aos estímulos externos, influenciando comportamentos, sinais e sintomas, relações da saúde e da doença em acordo com a realidade social culturalmente estabelecida. Assim, as dimensões física, vivencial e antropossocial são indissociáveis para a compreensão do processo saúde-doença

Palavras-chave


Corpo humano, Antropologia, Neurobiologia, Saúde, Doença

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Subjetividades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2359-0777

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia