Das Demandas ao Dom: As Crianças Pais de seus Pais

Renata Mello, Terezinha Féres-Carneiro, Andrea Seixas Magalhães

Resumo


Tomando como temas centrais os processos de maturação infantil e o exercício da parentalidade, o presente trabalho se propõe a investigar a experiência da criança que adota uma postura parental diante dos adultos importantes para o seu existir. Parte-se da investigação sobre o conceito de parentalização – uma ampliação da compreensão do contexto familiar de inversão geracional entre pais e filhos – a fim de refletir sobre as principais repercussões deste processo no desenvolvimento emocional infantil. Constata-se que a parentalização se apresenta como um risco para a saúde psíquica da criança quando se consolida como via privilegiada da relação entre pais e filhos.

Palavras-chave


desenvolvimento emocional, maturação infantil, parentalidade, parentalização

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/23590777.15.2.214-221

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Subjetividades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2359-0777

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia