Reflexões Sobre o Estabelecimento de Vínculos Afetivos Interpessoais na Atualidade

Marcos Mariani Casadore, Francisco Hashimoto

Resumo


Nos estudos que versam sobre as subjetivações contemporâneas e a sociedade na qual se está inserido na atualidade, o mundo contemporâneo frequentemente é caracterizado pela ascensão do narcisismo – ou individualismo – e do consumismo enquanto condições basais às demais mudanças recentes. A valorização da estética, a influência publicitária, a cultura da imagem, o detrimento da interioridade e das trocas inter-humanas em contraponto à exacerbação do superficial e externo aparecem como transformações essenciais às novas configurações de subjetivação ditas “pósmodernas”, privilegiadas e reforçadas pela sociedade capitalista. Junto delas, advém também o mal-estar na atualidade individual, geralmente associado a um vazio interior, insatisfações generalizadas frente a idealizações e oscilações da autoestima. Neste trabalho, busca-se compreender como o indivíduo estabelece seus vínculos interpessoais afetivos dentro dessa composição contemporânea, estabelecendo relações entre a atualidade e conceituações pertinentes ao estudo, tais como a ideia de amor romântico, o narcisismo e o estado de desamparo psicanalíticos, o desenvolvimento do sujeito e o paralelo estabelecido com textos histórico-sociais. O estudo, de caráter teórico, situa-se, assim, na intersecção entre “indivíduo” e “sociedade” – uma subjetividade, portanto, formada internamente no indivíduo e submetida diretamente à influência social – e analisa os determinismos e influências que estes exercem um sobre o outro, por meio de leituras crítico-reflexivas e análises textuais de trabalhos das áreas de sociologia, psicanálise e psicossociologia.

Palavras-chave


Psicanálise, contemporaneidade, relacionamentos interpessoais, narcisismo, desamparo.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Subjetividades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2359-0777

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia