Modos de Subjetivação no Sistema Avaliativo da Pós-graduação: Conhecer, Estranhar, Interrogar

Janaína Rodrigues Geraldini, Pedro Paulo Gastalho de Bicalho

Resumo


A proposta deste artigo é pensar sobre os modos de subjetivação produzidos pelo sistema avaliativo nos programas de pós-graduação em psicologia. De que maneira nos reconhecemos diante e nessa tecnologia? Quais são os modos de tensionarmos e configurarmos suas forças atuantes? Como nos produzimos e nos estetizamos nesse cenário? Tais questionamentos nos levam à construção de seis camadas, quais sejam: problema contemporâneo; controle e regulação; produtividade; individualização e competitividade; exclusão e hierarquia; outros modos de se reconhecer, constituir e estetizar. Convidamos o leitor a encontrar brechas e possibilidades de escapar aos funcionamentos mais nocivos do sistema avaliativo, bem como encontrar nele mesmo modos de transformá-lo em outras potencialidades.

Palavras-chave


modos de subjetivação, avaliação, pós-graduação, psicologia

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.5020/23590777.16.1.78-90

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Subjetividades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2359-0777

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia