Trauma: Um Estudo sobre a Inibição Generalizada (ou Econômica)

Leonardo Câmara, Regina Herzog

Resumo


Freud descreveu, em seu trabalho “Inibição, sintoma e angústia” (1926), duas formas de inibição da ação: uma relacionada à evitação da reatualização de conflitos psíquicos, da instauração de um novo ato de recalcamento e da emissão de angústia-sinal (inibição específica); outra conexa a situações de empobrecimento de energia disponível no eu (inibição generalizada). Os autores do presente artigo buscam aprofundar a descrição do mecanismo metapsicológico do segundo tipo de inibição – ao qual propõem a designação alternativa de “inibição econômica” –, baseando-se, para isso, no modelo de trauma desenvolvido por Freud em “Além do princípio do prazer” (1920). Essa forma de inibição é uma medida emergencial do eu cuja finalidade é alterar o gerenciamento de energia em favor de tarefas psíquicas prioritárias, que demandam elevado custo energético para sua realização.

Palavras-chave


inibição; trauma; neurose de guerra; neurose traumática; melancolia; metapsicologia.

Texto completo:

PDF/A

Referências


Câmara, L. (2015). Um estudo metapsicológico sobre a inibição. Dissertação de mestrado não publicada, Programa de Pós-graduação em Teoria Psicanalítica, Universidade Federal do Rio de Janeiro, 122pp.

Câmara, L. & Herzog, R. (2014). Um e outro: Ferenczi e a epistemologia. Psicologia USP, 25(2), 125-133.

Câmara, L., Herzog, R., Pacheco-Ferreira, F. & Verztman, J. (2015). O lugar da inibição na clínica contemporânea. In A. Bastos (Org.), Interpretação e ato na experiência psicanalítica (pp. 97-107). Rio de Janeiro: Contracapa.

Ferenczi, S. (1992). Dois tipos de neurose de guerra (Histeria). In S. Ferenczi, Psicanálise II (pp. 259-273). São Paulo: Martins Fontes. (Originalmente publicado em 1916).

Ferenczi, S. (1993). Psicanálise das neuroses de guerra. In S. Ferenczi, Psicanálise III (pp. 13-31). São Paulo: Martins Fontes. (Originalmente publicado em 1919 e escrito em 1918)

Freud, S. (1940). Jenseits des Lustprinzips. In S. Freud, Gesammelte werke (Band 13, pp. 1-69). London: Imago. (Originalmente publicado em 1920)

Freud, S. (1976). Inhibición, síntoma y angustia. In J. Strachey (Ed.), Obras completas (Vol. 20, pp. 71-161). Buenos Aires: Amorrortu editores. (Originalmente publicado em 1926)

Freud, S. (1995). Projeto de uma psicologia. Rio de Janeiro: Imago. (Originalmente publicado em 1950 e escrito em 1895)

Freud, S. (2006a). A interpretação dos sonhos. In J. Strachey (Ed.), Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud (Vol. 5, pp. 371-645). Rio de Janeiro: Imago. (Originalmente publicado em 1900)

Freud, S. (2006b). Totem e tabu. In J. Strachey (Ed.), Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud (Vol. 13, pp. 13-162). Rio de Janeiro: Imago. (Originalmente publicado em 1913)

Freud, S. (2006c). Além do princípio do prazer. In J. Strachey (Ed.), Edição Standard Brasileira das Obras Psicológicas Completas de Sigmund Freud (Vol. 18, pp. 13-75). Rio de Janeiro: Imago. (Originalmente publicado em 1920)

Freud, S. (2010a). Introdução ao narcisismo. In S. Freud, Obras completas (Vol. 12, pp. 13-50). São Paulo: Companhia das Letras. (Originalmente publicado em 1914)

Freud, S. (2010b). Luto e melancolia. In S. Freud, Obras completas (Vol. 12, pp. 170-194). São Paulo: Companhia das Letras. (Originalmente publicado em 1917 e escrito em 1915)

Freud, S. (2010c). Introdução a Psicanálise das neuroses de guerra. In S. Freud, Obras completas (Vol. 14, pp. 382-388). São Paulo: Companhia das Letras. (Originalmente publicado em 1919)

Freud, S. (2010d). Além do princípio do prazer. In S. Freud, Obras completas (Vol. 14, pp. 161-239). São Paulo: Companhia das Letras. (Originalmente publicado em 1920)

Freud, S. (2011a). O Eu e o Id. In S. Freud, Obras completas (Vol. 16, pp. 13-74). São Paulo: Companhia das Letras. (Originalmente publicado em 1923)

Freud, S. (2011b). Novas conferências introdutórias, 32: angústia e instintos. In S. Freud, Obras completas (Vol. 18, pp. 224-262). São Paulo: Companhia das Letras. (Originalmente publicado em 1933)

Freud, S. (2014a). Conferência 25: A angústia. In S. Freud, Obras completas (Vol. 13, pp. 519-544). São Paulo: Companhia das Letras. (Originalmente publicado em 1917)

Freud, S. (2014b). Inibição, sintoma e angústia. In S. Freud, Obras completas (Vol. 17, pp. 13-123). São Paulo: Companhia das Letras. (Originalmente publicado em 1926)

Herzog, R. (2003). O estatuto da Bindung na contemporaneidade. Interações: estudos e pesquisas em psicologia, 16(8), 35-55.

Laplanche, J. (1987). Problemáticas I: A angústia. São Paulo: Martins Fontes.




DOI: http://dx.doi.org/10.5020/23590777.rs.v19i3.e6857

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Subjetividades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2359-0777

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia