A Fruição Estética na Obra de Freud

Diego Bertanha Novais, Érico Bruno Viana Campos, Fátima Caropreso

Resumo


O presente artigo tem como objetivo expor as concepções de Sigmund Freud sobre a fruição estética. Ele parte da hipótese de que há dois posicionamentos básicos a respeito do tema na obra do autor: um referente à obra de arte como fonte de prazer e outro vinculado à produção de inquietação. De acordo com Freud, o prazer produzido pela obra de arte seria fruto de uma descarga energética, que permitiria uma suspensão temporária da repressão e a realização disfarçada de um desejo inconsciente. Já a inquietação seria produzida quando a obra de arte manifestasse certos elementos vinculados ao reprimido ou remetesse a formas de pensamento já superadas ao longo do desenvolvimento psíquico. Concluímos que, em ambos os casos, a fruição estética estaria relacionada com a evocação de representações inconscientes reprimidas. No entanto, a determinação dos afetos suscitados no espectador também seria influenciada pela manipulação exercida pelo artista, a partir da aplicação de sua técnica.

Palavras-chave


psicanálise; Freud, Sigmund (1856-1939); fruição estética; inquietação.

Texto completo:

PDF/A

Referências


Campos, E. B. V. (2014). Limites da representação na metapsicologia freudiana. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo.

Caropreso, F., & Simanke, R. T. (2008). Life and death in Freudian metapsychology: A reappraisal of the second instinctual dualism. International journal of psychoanalysis, 89(5), 977- 992.

Costello, M. (2004). Aesthetic experience in visual art. Free associations, 11(3), 353-399.

Freud, S. (1991). El chiste y su relación con lo inconsciente. In S. Freud, Obras completas Vol. 8: El chiste y su relación con lo inconsciente (J. L. Etcheverry, Trad.). Buenos Aires: Amorrortu editores. (Trabalho original publicado em 1905)

Freud, S. (1992). Personajes psicopáticos en el escenario. In S. Freud, Obras completas: Vol. 7: Fragmento de análisis de un caso de histeria, Tres ensayos de teoría sexual y otras obras (J. L. Etcheverry, Trad., pp. 273-282). Buenos Aires: Amorrortu editores. (Trabalho original publicado em 1942)

Freud, S. (2010a). O Inquietante. In S. Freud, Obras completas: Vol. 14: História de uma neurose infantil (“O homem dos lobos”), Além do princípio do prazer e outros textos (P. C. de Souza, Trad., pp. 328-376). São Paulo: Companhia das Letras. (Trabalho original publicado em 1919)

Freud, S. (2010b). Além do princípio do prazer. In S. Freud, Obras completas: Vol. 14: História de uma neurose infantil (“O homem dos lobos”), Além do princípio do prazer e outros textos (P. C. de Souza, Trad., pp. 161-239). São Paulo: Companhia das Letras. (Trabalho original publicado em 1920)

Freud, S. (2010c). O Mal-estar na civilização. In S. Freud, Obras completas:Vol. 18: O mal-estar na civilização, Novas conferências introdutórias à psicanálise e outros textos (P. C. de Souza, Trad., pp. 13-123). São Paulo: Companhia das Letras. (Trabalho original publicado em 1930)

Freud, S. (2011). Resumo da psicanálise. In S. Freud, Obras completas: Vol. 16: O eu e o id, “autobiografia” e outros textos (P. C. de Souza, Trad., pp. 222-251). São Paulo: Companhia das Letras. (Trabalho original publicado em 1924)

Freud, S. (2012a). Totem e tabu. In S. Freud, Obras completas: Vol. 11: Totem e tabu, contribuição à história do movimento psicanalítico e outros textos (P. C. de Souza, Trad., pp. 13-244). São Paulo: Companhia das Letras. (Trabalho original publicado em 1913)

Freud, S. (2012b). O Interesse da psicanálise. In S. Freud, Obras completas: Vol. 11: Totem e tabu, contribuição à história do movimento psicanalítico e outros textos (P. C. de Souza, trad., pp. 328-363). São Paulo: Companhia das Letras. (Trabalho original publicado em 1913)

Freud, S. (2012c). O Moisés de Michelangelo. In S. Freud, Obras completas: Vol. 11: Totem e tabu, contribuição à história do movimento psicanalítico e outros textos (P. C. de Souza, trad., pp. 373-341). São Paulo: Companhia das Letras. (Trabalho original publicado em 1914)

Freud, S. (2014a). Conferências introdutórias a psicanálise (terceira parte: teoria geral das neuroses). 23ª Conferência: os caminhos da formação de sintomas. In S. Freud, Obras completas: Vol. 13: Conferências introdutórias a psicanálise (P. C. de Souza, Trad., pp. 475-500). São Paulo: Companhia das Letras. (Trabalho original publicado em 1917)

Freud, S. (2014b). O Humor. In S. Freud, Obras completas:Vol. 17: Inibição, sintoma e angústia, O futuro de uma ilusão e outros textos (P. C. de Souza, Trad., pp. 322-330). São Paulo: Companhia das Letras. (Trabalho original publicado em 1927)

Freud, S. (2015). O Escritor e a fantasia. In S. Freud, Obras completas: Vol. 08: O delírio e os sonhos na Gradiva, Análise da fobia de um garoto de cinco anos e outros textos (P. C. de Souza, Trad., pp. 325-338). São Paulo: Companhia das Letras. (Trabalho original publicado em 1908)

Hanns, L. A. (1996). Dicionário comentado do alemão de Freud. Rio de Janeiro: Imago Ed.

Laplanche, J., & Pontalis, J.-B. (1998). Vocabulário da psicanálise (4a ed.). São Paulo: Martins Fontes.

Monzani, L. R. (1989). Freud: O movimento de um pensamento. Campinas: Editora da Unicamp.

Paviani, J. (1973). Estética e filosofia da arte. Porto Alegre: Sulina.

Souza, E. L. A. (2001). Uma estética negativa em Freud. In E. L. A. Souza, E. Tesser, & A. Slavutzky (Orgs.), A Invenção da vida: Arte e psicanálise (pp. 125-133). Porto Alegre: Artes e Ofícios Editora.

Souza, P. C. (2010) Nota. In S. Freud, Obras completas: Vol. 14: História de uma neurose infantil “O homem dos lobos”, Além do princípio do prazer e outros textos (P. C. de Souza, Trad., pp. 328-376). São Paulo: Companhia das Letras.




DOI: https://doi.org/10.5020/23590777.rs.v20i2.e8988

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Subjetividades, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2359-0777

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia