Os custos legais como filtro para interposição de demanda e acesso à justiça. Doi: 10.5020/2317-2150.2009.v14n2p422

Simone Cruz Nobre

Resumo


O acesso à justiça garantido em nosso texto constitucional muitas vezes se apresenta de forma restritiva, não se harmonizando com direcionamentos determinados na nossa Carta Magna, uma vez que: os custos legais muitas vezes filtram demandas e limitam a possibilidade do cidadão de lutar e ver reconhecido o seu direito. Assim, a forma pela qual vem sendo interpretado o texto constitucional, privilegiando limitações estruturais e favorecendo classes sociais, é uma violação diária do pacto social firmado entre o Estado e seu povo. Neste sentido, os levantamentos comprovam que os custos judiciais poderiam ser menores, mas a manutenção de sua cobrança se faz necessária para diminuir as quantidades de demandas interpostas no Poder Judiciário, uma vez que este não tem como suprir suas carências estruturais. Portanto, faz-se necessária a criação de medidas alternativas para solução de conflitos, de forma que não se retire o justo dos que anseiam por justiça.

Palavras-chave


Acesso à justiça. Custas judiciais. Limitação de demanda.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5020/23172150.2012.422-435

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Pensar: Rev. Pen., Fortaleza, CE, Brasil. e-ISSN: 2317-2150 Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia