Democracia representativa vs. democracia direta. Doi: 10.5020/2317-2150.2007.v12.ed.esp.p69

Günther Maluschke

Resumo


Este artigo aborda os problemas teóricos e práticos da soberania popular. Originalmente, “soberania do povo” era um grito de luta contra a soberania monárquica. Desde que se institucionalizaram democracias constitucionalmente organizadas, não há mais lugar para a soberania popular (povo como suprema autoridade): o regime democrático, baseado na separação dos poderes, é um sistema político, no qual as competências de todos os poderes autorizados - inclusive as do povo - são definidas e limitadas pela constituição. Uma soberania constitucionalmente limitada (um supremo poder limitado) seria uma “contradictio in adjecto”.

Palavras-chave


Soberania popular. Separação dos poderes. Sistema de competências.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5020/23172150.2012.69-74

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM




Pensar: Rev. Pen., Fortaleza, CE, Brasil. e-ISSN: 2317-2150 Licença Creative Commons
Este trabalho foi licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia