Avaliação de desempenho hidráulico de sarjetas no sistema de drenagem urbana: um estudo no bairro Aldeota, em Fortaleza (CE)

Lucas Florêncio da Cunha Teixeira, Anísio de Sousa Meneses Filho

Resumo


Este trabalho se destina a realizar uma avaliação da capacidade hidráulica de sarjetas urbanas no quesito de condução de águas pluviais considerando duas situações distintas: a de projeto, em que são obedecidos os parâmetros hidráulicos e hidrológicos de dimensionamento, e aquela encontrada em campo, em que são observadas diversas intervenções que desfiguram esse elemento e, portanto, prejudicam a sua capacidade de condução requerida. Dessa forma, foi selecionada uma área composta por oito quadras no bairro Aldeota, em Fortaleza (CE), com alta densidade demográfica. Foram feitas visitas à área de estudo, para locação das bocas de lobo, e à Secretaria de Infraestrutura de Fortaleza, para obtenção de material cartográfico para dar suporte à realização dos cálculos. Com esses dados, foram feitos os cálculos de vazão limite para as duas situações, podendo-se observar que, com a simulação das intervenções encontradas em campo pela redução da área transversal das sarjetas, a área pretensamente drenada passa a ter maior risco de alagamento. Assim, evidencia-se que a execução física em estrita conformidade ao projeto constitui fator determinante para o seu efetivo desempenho.

Texto completo:

PDF

Referências


BIDONE, Francisco R. A.; TUCCI, Carlos E. M.. Microdrenagem. In: TUCCI, Carlos E. M. (Org.); PORTO, Rubem La Laina (Org.); BARROS, Mário T. de (Org.). Drenagem Urbana. 1. ed. Porto Alegre: Editora da Universidade, 1995. Cap. 3. p.77 105.

BRASIL. Lei nº 12.587, de 3 de Janeiro de 2012. Institui as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2012/lei/l12587.htm. Acesso em: 07 abr. 2020.

BRASIL. Manual de Saneamento. 3ª ed. ed. Brasília: Funasa, 2007. 408 p. Disponível em https://wp.ufpel.edu.br/ccz/files/2016/03/FUNASA-MANUAL-SANEAMENTO.pdf. Acesso em 09 abr. 2020.

GOOGLE. Google Earth Pro ®. 2020. Disponível em: https://www.google.com.br/earth/download/gep/agree.html. Acesso em 07 abr. 2020.

LIMA, Gabriel Henrique Arruda Tavares de. Dimensionamento do Sistema de Drenagem Pluvial para o Loteamento Santa Bárbara em Centralina-MG Uberlândia. 2019. 63 f. TCC (Graduação) - Curso de Engenharia Civil, Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2019. Disponível em: https://repositorio.ufu.br/bitstream/123456789/26152/4/DimensionamentoSistemaDrenagem.pdf. Acesso em: 06 abr. 2020.

SILVA, Francisco Osny Enéas da; PALÁCIO JUNIOR, Francisco Flávio Rocha; CAMPOS, José Nilson Bezerra. Equação de chuvas para Fortaleza CE com dados do pluviógrafo da UFC. Revista DAE, Fortaleza, v. 1491, n. 192, p.48 59, 18 dez. 2012. Disponível em: http://revistadae.com.br/artigos/artigo_edicao_192_n_1491.pdf. Acesso em: 07 abr. 2020.

SUPERINTENDÊNCIA DE DESENVOLVIMENTO DE RECURSOS HÍDRICOS E SANEAMENTO AMBIENTAL (Paraná). Manual de drenagem urbana da região metropolitana de Curitiba. Curitiba: SUDERHSA, 2002. Disponível em http://www.aguasparana.pr.gov.br/arquivos/File/pddrenagem/volume6/mdu_versao01.pdf Acesso em: 09 abr. 2020.

TEIXEIRA, Lucas Florêncio da Cunha. Avaliação do Desempenho Hidráulico de Sarjetas no Sistema de Drenagem de Fortaleza. 2017. 66 f. TCC (Graduação) - Curso de Engenharia Civil, Universidade de Fortaleza, Fortaleza, 2017.

TOMAZ, P. Cálculos hidrológicos e hidráulicos para obras municipais. São Paulo: Navegar, 2002. 422p. Disponível em http://wiki.urca.br/dcc/lib/exe/fetch.php?media=livro10_calculos_hidrologicos-ler.pdf. Acesso em: 09 abr. 2020.




DOI: https://doi.org/10.5020/23180730.2020.10757

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Tecnologia, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0730

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia