Tratamento superficial de agregados graúdos reciclados para produção de concretos

Mariana Guerra Fontes Silva, Marconi Oliveira de Almeida, Sérgio Pacífico Soncim, Carlos Augusto Souza Oliveira

Resumo


A destinação incorreta dos resíduos da construção civil, como agregado graúdo reciclado, acarreta danos ao meio ambiente. O reuso desse material é fundamental, entretanto a taxa de absorção desses agregados é maior quando comparados aos agregados naturais, sendo um dificultador. O objetivo deste trabalho foi reduzir essa taxa de absorção promovendo um tratamento superficial, com pasta de cimento, e analisar a influência no agregado tratado, bem como em concretos confeccionados com ele. O agregado graúdo reciclado passou por dois tratamentos, nos quais foi promovido um banho utilizando pasta de cimento nas proporções de 1:10 e de 2:10, sendo respectivamente 1 parte de cimento no primeiro e 2 partes no segundo. Na caracterização do agregado tratado, constatou-se um aumento da massa unitária, justificado pela camada externa formada ao redor do grão. Quanto à absorção, houve uma redução de 15,83% e de 11,28%, respectivamente, para as proporções de 1:10 e de 2:10, quando comparados ao agregado graúdo reciclado sem tratamento. Foram confeccionados três tipos de concreto, um com agregado graúdo reciclado sem tratamento e outros dois com tratamentos de 1:10 e 2:10. No estado endurecido, foram realizados testes de resistência à compressão simples, resistência à tração por compressão diametral e velocidade de pulso de ultrassom. Na resistência à compressão aos 28 dias, o concreto com o tratamento na proporção de 1:10 obteve aumento de 21,44%, enquanto o concreto com o tratamento na proporção de 2:10 obteve aumento de 36,31% nessa propriedade. Já na resistência a tração aos 28 dias, aumentos de 10,38% e de 26,06%, respectivamente, foram encontrados.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Marconi Oliveira De; SANTOS, Fernanda Maria Vieira Dos; SOUSA, José Getúlio Gomes De. Tratamento superficial em agregado reciclado, para a produção de blocos de concreto. IBRACON Anais do 59º Congresso Brasileiro do Concreto, out.-nov., 2018.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR NM 45: Agregados – Determinação da massa unitária e volume de vazios. ABNT. Rio de Janeiro/RJ, 2006.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR NM 53: Agregado graúdo – Determinação da massa específica, massa específica aparente e absorção de água. ABNT. Rio de Janeiro/RJ, 2002.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR NM 67: Concreto - Determinação da consistência pelo abatimento do tronco de cone. ABNT. Rio de Janeiro/RJ, 1998.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR NM 248: Agregados – Determinação da composição granulométrica. ABNT. Rio de Janeiro/RJ, 2001.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 5739: Concreto - Ensaio de compressão de corpos de prova cilíndricos. ABNT. Rio de Janeiro/RJ, 2018.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 7222: Concreto e argamassa — Determinação da resistência à tração por compressão diametral de corpos de prova cilíndricos. ABNT. Rio de Janeiro/RJ, 2011.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 8802: Concreto endurecido – Determinação da velocidade de propagação de onda ultrassônica. ABNT. Rio de Janeiro/RJ, 2019.

ATHAYDE, Priscila Botelho. Influência do uso de agregados reciclados nas propriedades dos concretos. 2018. 59 f. Dissertação (Especialista em Construção Civil) – Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2018.

BRASILEIRO, Luzana Leite. Utilização de agregados reciclados provenientes de RCD em substituição ao agregado natural no concreto asfáltico. 2013. 118f. Dissertação (Mestrado em Ciências dos Materiais). Universidade Federal do Piauí, Teresina, 2013.

CARRIJO, Priscila Meireles. Análise da influência da massa específica de agregados graúdos provenientes de resíduos de construção e demolição no desempenho mecânico do concreto. 2005. 146 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2005.

COSTA, N. da; JÚNIOR, N. da C.; LUNA, M.; SELIG, P.; ROCHA, J.. Planejamento de programas de reciclagem de resíduos de construção e demolição no Brasil: uma análise multivariada. Engenharia Sanitária Ambiental, 12, 446 – 456, 2007.

DAMINELI, Luís Bruno. Estudos de métodos para caracterização de propriedades físicas de agregados graúdos de resíduos sólidos e demolição reciclado. 2007. 125f. Dissertação (Mestrado em Engenharia). Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. Departamento de Engenharia de Construção Civil. São Paulo.

GONÇALVES, Rodrigo Dantas Cassilo. Agregados reciclados de resíduos de concreto – um novo material para dosagens estruturais. 148f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Estruturas). Escola de Engenharia de São Carlos. Departamento de Engenharia Civil. São Carlos, 2001.

LEITE, M.B. Avaliações de propriedades mecânicas de concretos produzidos com agregados reciclados de resíduos de construção e demolição. Tese (Doutorado em Engenharia Civil), UFRGS, 270 f. 2001.

LIMA, J. A. R. Proposição de diretrizes para produção e normalização de resíduo de construção reciclado e de suas aplicações em argamassas e concretos. 1999. 222f. Dissertação (Mestrado). Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo, 1999.

MOTTA, Rosangela dos Santos. Estudo laboratorial de agregado reciclado de resíduo de sólido da construção civil para aplicação em pavimentação de baixo volume de tráfego. 2005. 161f. Dissertação (Mestrado em Engenharia de Transportes). Escola Politécnica da Universidade de São Paulo. São Paulo.

SANTOS, Winnie Franco. Tratamento superficial dos agregados reciclados de RCD com hidrofungantes. 2016. 166 f. Dissertação (Mestrado em Ciências) – Universidade de São Paulo, São Paulo, 2016.




DOI: https://doi.org/10.5020/23180730.0.10900

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Tecnologia, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0730

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia