Modelagem do escoamento e erosão sob diferentes condições de chuva e uso do solo no Cariri paraibano

Zacarias Caetano Vieira

Resumo


Regiões semi-áridas, e em particular a do cariri paraibano, apresentam solos rasos, baixa capacidade
de infiltração e armazenamento, precipitações irregulares e escoamentos rápidos. Estes fatores associados ao uso do solo aceleram a erosão da camada superficial, tornando necessária a sua quantificação e avaliação. Duas alternativas são possíveis: o monitoramento dos processos em bacias experimentais e representativas e sua modelagem com modelos matemáticos. Modelos de base física orientados a eventos tem sido utilizados, porém desconsideram condições antecedentes e são inadequados para avaliar efeitos das variabilidades da chuva e do uso do solo. Neste estudo
a modelagem do escoamento e erosão do solo é realizada com o modelo de base física contínuo MOSEE, modelo de simulação do escoamento e erosão, considerando as condições de chuva e uso do solo em bacias do cariri paraibano. Os resultados mostram que os processos simulados são sensíveis ao índice pluviométrico e ao uso do solo.

Texto completo:

PDF

Métricas do artigo

Carregando Métricas ...

Metrics powered by PLOS ALM


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.
Revista Tecnologia, Fortaleza - Ceará- Brasil – E-ISSN: 2318-0730

Desenvolvido por:

Logomarca da Lepidus Tecnologia